Clicky

Apple é acusada de copiar o design do clássico relógio da Swiss Federal Railways

21.set.2012

A Apple acusa um pessoal aí de violar suas patentes, mas ela mesma parece que utilizou do mesmo expediente para um detalhe do novo iOS 6.

No iPad, o novo sistema operacional mobile adicionou um simples aplicativo chamado “Clock”. O problema é que o ícone é idêntico a um modelo de relógio clássico da companhia ferroviária suiça SBB (Swiss Federal Railways).

O design, patenteado pela empresa, foi criado pelo engenheiro Hans Hilfiker em 1944. Desde então, o relógio está presente em todas as estações de trem da Suiça, sendo licenciado para terceiros por alguns milhares de dólares. A Mondaine, por exemplo, espalhou o objeto pelo mundo e comercializa até uma versão de pulso.

Quando a SBB encomendou o trabalho, a intenção era realmente criar um ícone de pontualidade e incorporá-lo a imagem da empresa nacionalmente. A criação de Hilfiker seria altamente visível, ajudando a garantir o tempo certo da partida dos trens, como também se tornaria a base da identidade corporativa da companhia.

O relógio popularizou um movimento chamado de “stop-to-go”. Funciona assim: O ponteiro dos segundos – chamado de “sinal vermelho” – circula o tempo correspondente a 1 minuto em apenas 58,5 segundos. Quanto atinge o topo do relógio, o ponteiro então pausa por 1,5 segundo.

Nesse exato momento, um impulso elétrico é enviado a todos os relógios da estação, que sincronizam os ponteiros no mesmo minuto, todos os minutos. Esse ajuste eletromecânico não só permite que todos os equipamentos sejam pontuais, como atende as necessidades específicas de operação de uma ferrovia.

Sendo assim, a cópia da Apple foi mal feita, pois deixou de lado esse charme fundamental da invenção de Hans Hilfiker. O ponteiro no iOS 6 gira direto, sem pausas. Para uma empresa que se gaba dos detalhes, são dois erros graves.

Comente