Clicky

Soap Creative apresenta 36 tipinhos típicos do Facebook
novo_perfil

Soap Creative apresenta 36 tipinhos típicos do Facebook

por Amanda de Almeida

A Soap Creative usou sua experiência em mídias sociais pra identificar tipos comuns presentes neste “ecossistema”. O resultado deste trabalho é o divertido – porém bastante informativo – 36 Faces of Facebook Fans – The Good, The Bad & The Ugly.

Na introdução da apresentação, os criativos explicam que a audiência do Facebook oferece um vislumbre fascinante em torno da enorme variedade de tipos que curtem as páginas. Uns são benignos, outros são até agradáveis, mas é claro que há aqueles capazes de levarem as pessoas às loucura.

“E assim, a nossa viagem pelo mundo ocasionalmente desagradável de fãs do Facebook se aproxima do fim. Embora diversos, cada um dos arquétipos desempenha um papel no grande círculo de envolvimento que é mídia social. Se a sua confiança no Facebook como uma plataforma de marca foi abalada por esta apresentação, então não tenha medo – bons gestores de comunidade como os da Soap Creative serão seus tratadores digitais”

Mas, afinal, o que existe de tão assustador assim no Facebook?

Há tipos como aquele cara que odeia tudo, não importa o que você escreva. Ou o confuso, que não se lembra como, nem quando curtiu a sua página e adora ficar reclamando em seus posts, em vez de simplesmente “descurtir”. O especialista está entre os meus favoritos, pois é o equivalente ao cara que vai à academia e fica se exercitando em frente ao espelho, só para ver seus músculos. É o cara que não está nem aí para o conteúdo do post, se ele perceber um errinho mínimo, vai ficar apavorando nos comentários.

O distraído tem o costume de postar mensagens pessoais, direcionadas a outras pessoas, nas páginas das marcas. O gato de teclado se expressa naqueles posts que ninguém entende, seja porque quem escreveu foi um bêbado, um gato ou ainda um gato bêbado. E quem nunca ouviu falar do “Me Patrocine!”, o cara que entra na comunidade para ficar pedindo patrocínio da marca porque se acha muito bom em algo e tem um monte de amigos?!

É claro que essa coleção de tipos nunca ficaria completa sem o “Preguiçoso demais para ler”, aquela pessoa que não leu o que você escreveu, mas ainda assim fez questão de comentar. Daí, fez perguntas que você já respondeu nos comentários anteriores, pois toda informação deve ser entregue em uma bandeja de prata. Menos ainda sem a presença do Troll, que dispensa apresentações.

Compartilhe: