06

Nielsen divulga The Social Media Report 2012

Acesso mobile está entre principais responsáveis pelo crescimento das redes sociais

3.dez.2012

Basta o fim de ano chegar para pipocarem relatórios, balanços e listas dos “mais” e “melhores”. Sobre mídias sociais, já vimos por aqui o infográfico animado da Lemon.ly e do Socialnomics com as estatísticas de 2012. Hoje, foi a vez da Nielsen publicar seu State of the Media: The Social Media Report 2012, pegando um ângulo um pouco diferente das outras duas. Apesar de focar nos internautas norte-americanos, a pesquisa ajuda a ter uma boa ideia da importância das redes sociais nos dias de hoje. Um dado assustador, por exemplo, é que no mês de julho, o time spent em redes sociais nos EUA, utilizando computadores, smartphones e tablets, chegou a 121 bilhões de minutos. O número é 37% maior se comparado a julho de 2011, quando foram gastos 88 bilhões de minutos.

A popularização da tecnologia mobile é apontada como a grande responsável por este crescimento, já que o uso de aplicativos e internet móvel cresceu em 63%.

As mulheres costumam ficar mais tempo nas redes sociais – de 2 a 3 minutos a mais do que os homens – tanto em computadores quanto em smartphones e tablets.

O Facebook lidera entre as redes mais visitadas via computador, com 152.2 milhões de unique visitors, seguido pelo Blogger (58.5 milhões) e Twitter (37 milhões). Entre os aplicativos, a rede de Zucka também leva a melhor: 78.4 milhões de usuários, enquanto o Twitter tem 22.6 milhões e o Foursquare tem 10.3 milhões. O Pinterest também vai bem, registrando o maior aumento de público e time spent ano a ano entre todas as redes sociais.

O relatório chama a atenção, ainda, para o crescimento do social care – o serviço de atendimento ao consumidor via redes sociais. Pelo menos 47% dos usuários de mídias sociais usam o social care como alternativa, sendo que 9% fazem isso diariamente, 21% semanalmente e 70% mensalmente.

E quanto aos anúncios nas mídias sociais? Pelo menos 33% dos usuários acham que anúncios em redes sociais são mais chatos do que em outras mídias, mas 26% deles prestam mais atenção em um anúncio que foi compartilhado por um amigo.

Comente