x
9.jan.2014

Blank on Blank destaca entrevista com Barry White

Série transforma antigas entrevistas com personalidades em animações

Falar bem das produções da PBS é, de certa forma, chover no molhado, mas não tem como passar batido. Uma das séries que merece atenção especial é Blank on Blank, que pega gravações de entrevistas antigas, realizadas com grandes artistas e ícones culturais, para transformá-las em animações. A mais recente é um bate-papo com inesquecível mestre do soul Barry White.

Na entrevista concedida a Joe Smith em 1987, com animação de Patrick Smith, o cantor e compositor conta como ele começou na música e, principalmente, sobre um assunto que ele era especialista: o amor. Segundo ele, todo compositor deve escolher um assunto na hora de escrever uma letra.

“O meu é o amor, porque eu sei que quando um homem está fazendo amor, a última coisa que ele pensa é em guerra”.

Com produção executiva de David Gerlach, a Blank on Blank usa trechos de entrevistas que não foram utilizados nas matérias para as quais as entrevistas foram feitas – geralmente coisas que estavam fora da pauta ou divagações que sempre acabam rolando e poucas vezes são aproveitadas no texto final.

Para quem quiser dar uma olhada no site, os episódios anteriores incluem papos com Kurt Cobain, Janis Joplin, Tupac Shakur, Grace Kelly e Ray Charles, entre outros.

Também no B9

Comente