Comercial de seguradora incentiva pessoas a acreditarem no bem

Thai revela o que se tem em retorno de uma boa ação

7.abr.2014

Tem alguns comerciais que a gente assiste e a mensagem é tão forte, que o produto pode ficar até em segundo plano. Mais ou menos o que acontece com este comercial da seguradora tailandesa Thai. Com a assinatura “Acredite no Bem”, o filme traz uma mensagem incrível, com uma narrativa emocionante, e ainda consegue mostrar a importância de seu produto, sem se perder.

Parece bom demais para ser verdade? É quase isso. O filme de três minutos acompanha o dia a dia de um rapaz que sempre está dando um jeito de praticar o bem. Seja colocando uma planta que está quase morrendo sob um local de onde costuma cair água, dividindo sua refeição com um cachorro de rua, ou ainda dando dinheiro para uma mãe e sua filha.

Para cada vez que ele ajuda alguém, as pessoas ao redor balançam a cabeça, desaprovando o gesto do rapaz. O narrador, por sua vez, chega até a questionar o que ele ganha em retorno de suas boas ações. E a resposta é o que faz tudo valer a pena. É o que faz a gente pensar que a vida é um bem tão importante, que merece ser segurado.

Tentei encontrar os créditos para este vídeo, mas não consegui. Se alguém conseguir, por favor, compartilhe nos comentários.

[ATUALIZAÇÃO]:  O comercial acima é assinado pela Ogilvy & Mather de Bangkok.

 

Comente

  • Eugênio Moalien

    Bonito, mas alimentar cães de rua, dar esmolas e afogar uma planta contribuem para um mundo melhor?

    • Amanda de Almeida

      Fazer o bem sem olhar a quem…

    • Marco Frasson

      Não vai mudar o mundo, mas o sentimento de quem está ajudando, essa foi a proposta do vídeo. Para mudar o mundo, é necessário alguns bilhões de dólares ainda

    • Eric Hiroki Tanaka

      Aprendi um conto com um amigo:

      Um senhor estava andando pela praia quando avistou um menino arremessando algumas estrelas-do-mar para o oceano.
      Intrigado, o senhor perguntou o que ele estava fazendo, o jovem respondeu que estava devolvendo-as para o mar, pois se ficassem ali, iriam secar e morrer.
      O senhor disse ao jovem que havia milhares de praias e inúmeras estrelas-do-mar por todo o mundo, que diferença faria.
      O jovem pegou mais uma estrela e arremessou longe para o mar e disse: “Para aquela, eu fiz a diferença”

    • Maury

      Certamente o que mais contribui para um mundo melhor são as ações pequenas, diárias, locais e despretensiosas. Ações grandes e pontuais são bem mais simples e ineficázeis. Comentários ressentidos, por sinal, somente contribuem com um mundo onde julgamos sentados as ações dos outros.

    • Geovanny

      Se cada um fizer sua parte o resultado final vai ser surpreendente ;) !