Clicky

Editoras nos EUA já ganham mais com ebooks do que com livros

Editoras nos EUA já ganham mais com ebooks do que com livros

Lucro obtido com livros digitais já ultrapassam o gerado por livros impressos

por Jacqueline Lafloufa

Uma estimativa realizada pela BookStats revelou que as editoras norte-americanas já registram lucro maior com a venda de ebooks do que com a comercialização dos livros de papel.

Segundo a empresa, ebooks geraram 7,54 bilhões de dólares de lucro para as editoras, mais do que os 7,12 bilhões obtidos com a venda de livros tradicionais. A diferença é bem pequena, mas demonstra que aos poucos os leitores vêm se acostumando com a praticidade de a velocidade da aquisição de livros digitais.

É uma pena, contudo, que isso não dê mais fôlego para os negócios de quem trabalha com edição de livros. Apesar do aumento de 10% nas vendas de ebooks, a receita das editoras se manteve estável entre 2012 e 2013, provavelmente devido ao preço menor dos livros digitais.

ebooks-eua-revenue

A BookStats, no entanto, faz questão de frisar que o interesse em ebooks pode ser ainda maior, já que ela contabiliza apenas livros que possuem ISBN, o que não inclui livros publicados pelos próprios autores através de plataformas oferecidas por empresas como a Amazon e a Barnes & Noble, que permitem a comercialização de títulos sem a necessidade de um registro.

Compartilhe: