zuckerberg

Zuckerberg decide ler 1 livro a cada 15 dias em 2015 e esgota exemplar na Amazon

Resolução de ano novo do CEO do Facebook promete influenciar bastante o setor editorial

6.jan.2015

Mark Zuckerberg leva a sério a ideia de resolução de ano novo. Em anos anteriores, ele se propôs a apenas comer carne de animais que ele mesmo tivesse caçado, e a aprender a falar Mandarim, por exemplo. A determinação dele é tamanha que após o ano de aprendizado, ele deu uma entrevista respondendo perguntas em Mandarim.

A surpresa, contudo, é que a resolução de ano novo de 2015 promete incluir muito mais pessoas e influenciar uma parcela do mercado editorial. Zuckerberg aceitou a sugestão de uma moça e se propôs a ler um livro a cada 15 dias durante este ano. A experiência vai ser compartilhada com quem se interessar em uma página do Facebook, chamada “A Year of Books” (um ano de livros, em tradução livre), onde Zuck promete discutir com a audiência tópicos relacionados à leitura do momento.

O curioso é perceber a grande influência que o CEO do Facebook pode ter no mercado editorial: o primeiro livro escolhido por ele, “The End of Power”, do venezuelano Moisés Naím, rapidamente teve seus exemplares físicos esgotados na loja da Amazon poucas horas depois de Zuck anunciar a escolha do título para estrear sua nova resolução. A elevada procura levou o livro a ficar na 8ª posição entre os mais vendidos da Amazon e na 3ª colocação entre os mais procurados da Barnes & Noble.

O autor Moisés Naím ficou lisonjeado e agradeceu ao CEO do Facebook pela escolha do título para a estreia do A Year of Books.

Adrienne Lafrance, do The Atlantic, lembra que apesar de a experiência de Zuck parecer um simples “Clube do Livro”, não é difícil de imaginar a proposta como uma forma de testar a influência que a rede social pode ter no mercado de livros, quem sabe até implementando funcionalidades que permitam comprar o exemplar diretamente através da rede social, por exemplo.

“Considerando o seu interesse em dados de usuários, hábitos e emoções, o Facebook vai no mínimo querer analisar a influência que as escolhas de livros de Zuckerberg terão no comportamento dos usuários, uma expansão do estudo entre a relação entre as curtidas do Facebook e os hábitos de consumo das pessoas”, conclui ela.

Quem quiser acompanhar a leitura com o Zuckerberg pode fazê-lo também em português – na Amazon brasileira, o ebook “O Fim do Poder” custa pouco mais de 30 reais. As discussões na página A Year of Books, contudo, tende a ser feita em inglês.

Comente

  • Daniel Cunha

    Uma pagina do Markito com comentários abertos?
    huehuehue

    • Diogo Faria

      Go BRs go!

      • Vou falar muito arriégua e catilogências lá pra atazanar a grigaiada rsrsrs. brinks se eu ler 3 livros é muito esse ano

        =(

  • Ze Midja

    Intrigante, o dono do Facebook estimulando a leitura

    nao sei se foi uma atitude gratuita, mas dá pra acompanhar o que vem por aí

  • Olha, José Dirceu leu bem mais no tempo em que passou na Papuda

  • gostei da ideia, vou tentar fazer algo parecido ^^
    ano passado li só 22 livros =(
    quero ler pelos menos 30 esse ano

    • Ano passado comecei a ler um, até hoje não terminei. rsrs

  • Thomas Lloyd Woodruff

    Minha pergunta é se ele realmente cumpriu a promessa que tinha feito de só comer carne dos animais que ele caçou. Será verdade? Não vejo Mark Zuckerberg caçando nada, se bem que ele deve ter todo o tempo do mundo para fazer isso.

  • Alessandro

    Prevejo editoras loucas atrás do Mark.

  • Guest

    Eu não quero parecer babaca ou desvalorizar a meta do tio mark, mas eu leio um livro por semana (em media).

    • Tiii

      Falou aí fodão

  • Importante dizer que esse livro é gratuito no amazon unlimited :-)

  • Ismael Pereira

    Show! Em breve estará disponível o http://www.bookshare.com.br, que facilitará o compartilhamento de livros com total segurança e praticidade. Participem!

  • Leandro F. Silveira

    O cara agradece o dono do Facebook utilizando o Twitter?

    mas hein… o.0