Clicky

Pouco Pixel 14 – Ascensão e queda dos adventures

Pegue! Empurre! Use! Olhe! Nunca o imperativo foi tão útil

27.jul.2015

Pegue! Empurre! Use! Olhe! Nunca o imperativo foi tão útil quanto nos lendários jogos de adventure – sejam eles somente de texto, gráficos ou point-and-click. Adriano Brandão e Danilo Silvestre relembram os games que deram um sentido novo à prática do storytelling e se perguntam: adventures foram apenas uma moda passageira? Afinal, eles morreram mesmo? Por que devo colocar o hamster no microondas?

Download | iTunes | Feed

00:00:48 – Ascensão e queda dos adventures
00:59:45 – Debate de bolso
01:20:36 – Cartinhas
01:34:18 – Extras do diretor

Os famosos links no post

Posts relacionados: todos os jogos do gênero graphic adventure, claro (uia, não falamos de “Shenmue” ou “Battletoads“!)
Jogos mencionados, em ordem cronológica:
Colossal Cave Adventure” (1976)
 “Mystery House” (1980)
 “Softporn Adventure” (1981)
 “King’s Quest” (1984)
 “Space Quest” (1986)
 “Police Quest” (1987)
 “Leisure Suit Larry” (1987)
 “Maniac Mansion” (1987)
 “Zak McCracken and the Alien Mindbenders” (1988)
 “Indiana Jones and the Last Crusade” (1989)
 “The Secret of Monkey Island” (1990)
 “Loom” (1990)
 “Indiana Jones and the Fate of Atlantis” (1992)
 “Gabriel Knight” (1993)
 “Day of the Tentacle” (1993)
 “Sam & Max Hit the Road” (1993)
 “Phantasmagoria” (1995)
 “Full Throttle” (1995)
 “The Dig” (1995)
 “Grim Fandango” (1998)
 “Escape from Monkey Island” (2000)
 “Fahrenheit” (2005)
 “Jurassic Park: The Game” (2011)
 “The Walking Dead” (2012)
 “The Wolf Among Us” (2013)
Candy Box“, um RPG-adventure de browser (e sua sequência, “Candy Box 2“)
novo “King’s Quest”, com lançamento marcado para 28.jul.2015!
O infame “Plumbers don’t wear ties“, um filme interativo (?) para 3DO (e não PC)
Um terrivelmente brega first person shooter baseado em vídeo e ambientado no Velho Oeste: “Mad Dog McCree
Dragon’s Lair“, um pioneiro dos quick time events
The Famiclone Shelf, um blog sobre os consoles piratas do Nintendinho, nossos queridos famiclones
Mupoca sobre o Uber

Groselhas

O herói obrigatório de “Maniac Mansion” não é Bernie, mas Dave, cuja namorada foi raptada. Bernie é, na verdade, um dos amigos que podem ser escolhidos por Dave para o time que irá invadir a mansão. De qualquer maneira, Bernie acabou se tornando o personagem principal da sequência, “Day of the Tentacle“. (Curiosidade: Hoagie e Laverne, os outros personagens jogáveis no segundo jogo, não existiam em “Maniac Mansion”.)
A cronologia correta dos adventures da LucasArts está acima, nos links. Notem que, na verdade, “Indiana Jones and the Last Crusade” é anterior a “The Secret of Monkey Island” e “Loom”.
Rebel Assault” e “Dark Forces“, dois jogos da LucasArts ligados ao universo de “Star Wars”, ficaram célebres no PC mas também saíram em consoles: o primeiro saiu no Sega CD e no 3DO, o segundo no PlayStation.

O som do episódio

Ah, LucasArts…

Comente