Clicky

Conar destaca seu papel em propaganda com gambá criado como cachorro

Quem cria, nem sempre vê o que há de errado

1.fev.2016

O Conar é sempre lembrado como o órgão responsável por julgar algum passo em falso dado por uma marca ou uma agência em campanhas de publicidade. E por ser autorregulado, coisa que nem todo mundo sabe, são os próprios publicitários que determinam quando uma propaganda passa dos limites ou não. Para se aproximar do público e destacar um pouco mais seu papel na sociedade, o órgão iniciou hoje uma campanha bem humorada com o vídeo que você pode assistir acima, intitulado “Fifi”.

A propaganda mostra uma senhora que tem um não tão belo bicho de estimação que é tratado como um cachorro – mas na verdade é um gambá, bicho nem um pouco bem vindo nas mesmas situações em quem um cãozinho seria. O filme termina com “Quem cria, nem sempre vê o que há de errado”.

Além do vídeo, a campanha também conta com anúncios em revistas com dados sobre o Conar, como por exemplo, os cerca de 2,8 mil processos que o órgão abriu entre 2007 e 2014 para julgar alguma propaganda. Dentre eles 344 lidavam apenas com publicidade infantil e 1112 de propaganda enganosa, sendo que desses, respectivamente 230 e 813 processos resultaram em punição para a agência e a marca.

A criação é da AlmapBBDO e a produção é da Sentimental Filme.

Comente