ANTICAST_POST

AntiCast 223 – O Fim da Cosac Naify

Um episódio do Visual+Mente

25.fev.2016

Olá, antidesigners e brainstormers!
Neste programa, Rafael Ancara, Ricardo Cunha Lima, Almir Mirabeau, Henrique Nardi e a convidada Valéria Lamego conversam sobre o fim da Cosac Naify, editora brasileira de enorme importância no mercado editorial. Qual foi o impacto dela? Por que fechou? Como ela funcionava? E qual o legado que nos deixou?
[Este AntiCast é um episódio do Visual+Mente, podcast do Ancara focado em design]

Editado por Felipe Ayres

>> 0h04min29seg Pauta Principal

Patreon AntiCast

MEDADINHERO

Curso de Storytelling do Ivan
17 de Abril em São Paulo (Domingo)
10 de Abril Hangout [ESGOTOU – se tiver interesse, preencha este formulário]

Aula demonstrativa de aquarela do Beccari
25 de março (feriado), das 15h às 19h, no Plein Air Studio (São Paulo-SP).
Preço: R$ 150. Informações/inscrição: [email protected]

Curso regular de aquarela com foco em figura humana do Beccari
aos sábados, das 10h às 13h, na Pigmento Academia de Arte (Curitiba-PR).
Preço: R$ 220 por mês. Informações/inscrição: [email protected]

Pensar Infográfico
19 e 20 de Março no Look Up Lab de Criação (Londrina-PR)
14 e 15 de Maio em São Paulo
Mais informações: [email protected]

Links
Palestra da Elaine Ramos

Podcasts do AntiCast
Visual+Mente
Três Páginas
Não Obstante
Projeto Humanos
É Pau É Pedra

Comente

  • Han Sola

    A editora morreu?
    Que cosac, não?

    • Perivaldo

      Too soon, cara.

    • COSSACO NASIC

      • AllabamaMan

        Editora Cosac Nasic….que triste fim.

      • Roberto Crumbo

        UÉ.

    • SommelierDeXota

      pensei que era a Kodak

  • Raposo

    Vim seco falar que tavam roubando pauta do visual+mente, mas daí vi que roubaram o podcast inteiro!
    Eu não pago patreon pra isso! (e não pago mesmo)

    • robaro memo.. ancara, por volta dos 26 minutos, fala “lá no anticast…”

  • Keilla Teixeira

    Um exemplar da Cosac Naify sempre foi de consumo quase inalcançável. Lindas edições, coisa pra colecionador, mas os preços eram na maior parte da vezes impraticáveis.
    Agora com essa bancarrota da editora finalmente tô fazendo o rapa na Amazon. É uma mistura de alegria e tristeza. Vai fazer falta no mercado editorial.
    Pensando em comprar dois exemplares de alguma obra para futuramente vender o extra no mercado livre.

  • Albert Camus de Aquário

    Bom..já que morreu podia rolar a liberação do acervo em pdf de grátis né….né…pfv…serião…

  • Albert Camus de Aquário

    Nã Nã Naaa….deixa eu por uma treta que ta pouco

    • Albert Camus de Aquário

      Ah…só pra avisar…tão falando que tão censurando hashtag no Tuinter por causa da Hillary…nada de mais…só umas 300k

      MAS EU NÃO SEI DE NADA

  • Fernnando Sussmann

    Retirado das internet. Autoria desconhecida, mas é pura realidade.

    • Sandro Valentim

      Só verdades …

  • Tô achando o podcast num ritmo mais fraco de um tempo pra cá… Será o destino do Anticast se desmembrar em outros projetos e o podcast “principal” acabar? =O

    • Raposo

      Senti a mesma coisa, parece que depois daquela sequencia de tretas o ritmo caiu.

  • ANTICAST 1000 E VAI TER NEGO COMENDO FANDANGOS NA GRAVAÇÃO PQP

  • é melhor morrer que perder a vida

  • Leandro Sacramento

    Elementos do Estilo Tipográfico. Versão 4.0. Robert Bringhurst. Editora Cosac Naify

    O Passageiro Secreto. Joseph Conrad. Editora Cosac Naify

    As Aventuras do Capitão Cueca. Dav Pilkey. Editora Cosac Naify

    Linha do Tempo do Design Gráfico no Brasil. Chico Homem de Melo, Elaine Ramos. Editora Cosac Naify

    Design Visual 50 Anos. Alexandre Wollner. Editora Cosac Naify

    História do Design Gráfico. Phillip B. Meggs, Alston W. Purvis. Editora Cosac Naify

    Biblioteca azul. http://globolivros.globo.com/selos/biblioteca-azul

    O Livro Amarelo do Terminal. Barbara, Vanessa. Editora Cosac Naify

    Bartleby o Escrivão. Melville, Herman. Editora Cosac Naify

    Opisanie swiata. Verônica Stigger. Editora Cosac Naify

    Avenida Niévski – E Notas de Petersburgo do 1836. Rubens Figueiredo, Nikolai Gogol. Editora Cosac Naify

    O Grafico Amador – As Origens Da Moderna As Origens Da Moderna Tipografia Brasileira. Lima, Guilherme Cunha. Editora Verso Brasil

    Bambi. Felix Salten. Editora Cosac Naify

    Alice no País das Maravilhas. Lewis Carroll . (ilustrações de Luiz Zerbini). Editora Cosac Naify

    Decameron. Giovanni Boccaccio. Editora Cosac Naify

    O Design de Bea Feitler. Bruno Feitler. Editora Cosac Naify

  • Wellington Rodrigues

    Cosac.

  • Wylma Rocha

    Estou gostando muito, mas muito mesmo dos últimos Anticasts. Sobre o cast 223: ainda alimento uma esperança (talvez tola) de que o fechamento da Cosac não passe de uma inteligente sacada de marketing para impulsionar as vendas em um ano que foi difícil para todo mundo. Essa minha suposição se baseia, por exemplo, no fato de que o estande da Cosac,na última feira da USP, fazia fila; os visantes levaram listas com os títulos indispensáveis para seus acervos e saíram carregados com sacolas (o momento era oportuno, pelo fato de o fechamento já ter sido anunciado e pelo fato do desconto ser de 50% em todos os livros). Outra coisa é que todo o catálogo deles foi vendido, no Brasil, para uma única empresa varejista do ramo livreiro (informação que não posso compartilhar). Ou seja, os novecentos mil livros da editora já tem dono, o que me faz concluir que este dinheiro já vai entrar na conta do senhor Cosac e que ele pode, se quiser, retomar as publicações num futuro bem próximo sem que arque com prejuízo ( e sem que a empresa que comprou seu catálogo saia prejudicada nesta negociação). Aliás, a editora não passava por um momento difícil, os livros, por mais caros que sejam, na sua grande maioria, se vendem e bem, e com a margem de lucro de qualquer outra editora. O custo do livro já é maior justamente porque está embutido o trabalho dos editores, tradutores, revisores e designers, além do material utilizado. O preço de compra ofertado ao mercado é o mesmo de qualquer outra editora trade, e posso afirmar que o lucro é igual aos das outras grandes editoras que se sustentaram, embora o ano de 2015 tenha sido difícil. Então, ainda fico esperançosa de que o fim anunciado da editora seja uma inteligente jogada de marketing e que, num futuro próximo, possamos ouvir um novo podcast sobre a ressurreição da Cosac.

  • Manú Freitas

    Só eu que achei essa moça um pouco “grossa”? Ótimo episódio, mas ela podia ter cortado menos a galera :P