gvt-vivo-thumb

Vivo vai aposentar a marca GVT em abril

Marca originalmente criada em 2000 no Brasil deixará de existir

26.fev.2016

A compra da GVT pela Vivo foi anunciada em setembro de 2014, com o negócio concluído em maio do ano seguinte e a Telefônica pagando cerca de de R$ 22 bilhões à Vivendi, ex-dona da GVT. Com isso, era esperado que apenas uma das marcas sobrevivesse no mercado, obviamente a menor delas. E hoje a Vivo anunciou quando a aposentadoria da GVT deve acontecer: no próximo dia 15 de abril.

O site da GVT alerta para a mudança, e diz que a marca GVT deixa de existir a partir desta data. O aviso também indica consumidores à uma carta do presidente da Telefônica | Vivo, Amos Genish, onde ele diz que os serviços e ofertas das duas operadoras serão unificados, junto com o atendimento e os programas de benefícios.

As consequências para o consumidor brasileiro são claras: com menos concorrência em telefonia e internet no mercado, os preços tendem a subir e a qualidade do serviço tende a cair – algo que já está sendo relatado desde meses após a compra. Ainda assim, a Vivo afirma que todos os contratos de consumidores com a GVT serão honrados, algo que legalmente eles precisam fazer queiram ou não.

Em tempo: a fusão da TIM com a Oi não vai rolar, já que o fundo de investimentos que fez a oferta original desistiu.

Comente

  • Tiago Celestino

    Se era ruim, vai ficar bem pior. Desejo sorte aos clientes da GVT e da Vivo.

  • Welyngton Silva

    Nem vou comentar muito, vai que minha franquia acaba…

  • Alguém

    Já mudei pra net

  • Natan

    Eu não queria ir pra NET, ,mas vai ser o jeito…Tchau GVT