Clicky

spotify-freshfinds

Novas playlists “Fresh Finds” do Spotify são definidas por 50 mil usuários do serviço

Hipsters definem o que você vai ouvir

3.mar.2016

Desde o ano passado o Spotify oferece aos seus usuários uma playlist pública chamada “Fresh Finds”, onde são incluídas novas músicas de novos artistas. Até essa semana essa playlist era feita automaticamente, assim como a Discovery Weekly (embora não seja personalizada). Nessa quarta o Spotify mudou de tática. A partir de agora 50 mil usuários do serviço serão os responsáveis por criar a playlist – e sem saber.

A revelação foi feita pelo Spotify ao site Quartz. A partir dessa quarta-feira (2), as playlists “Fresh Finds” foram divididas em seis categorias e cada uma delas foi criada baseada em um algorítimo bastante esperto, que tem três pontos principais: uma pesquisa profunda na web para achar as músicas que são tendências, a escolha de 50 mil usuários do Spotify que estão ouvindo essas músicas e as músicas mais novas que eles estão ouvindo.

O gráfico abaixo, criado por Quartz, mostra bem como essa pesquisa acontece.

infografico-spotify

Segundo o Spotify, o algoritmo não funciona sozinho, ainda é necessário que funcionários da empresa organizem qual música vai em qual das playlists e em qual ordem. Fora isso, é um grande trabalho de Big Data aplicado à descoberta de novas músicas. A empresa também diz que os 50 mil usuários escolhidos por eles não sabem que foram escolhidos, já que não há nada de diferente na conta deles e eles não conseguem saber que estão sendo usados pelo Spotify. A empresa também não revela quem são.

Comente