“Millennials não existem, estúpido”

A classificação por gerações é algo pouco científico e condescendente

20.mar.2016

Foi com essa premissa do título (exceto pela parte do ‘estúpido’) que Adam Conover chegou para palestrar na conferência Deep Shift. Organizada pelo canal americano Turner, a conferência tinha como objetivo reunir executivos do canal para entender como eles podem vender mais para os millennials. Adam, no entanto, teve outra ideia: ele quis mostrar que millennials não existem.

Para provar seu ponto, Adam, que apresenta uma série de TV que faz bastante sucesso com os millennials chamada “Adam Ruins Everything”, mostrou como a classificação por gerações é algo estúpido, condescendente e pouco científico. No vídeo acima, que tem a apresentação completa de Adam, ele também mostra que todas as gerações têm alguma forma de condescendência com a próxima, e provavelmente não vai parar aqui.

Então millennials não existem, certo? Bom, nem tanto. Quem está no mundo da publicidade sabe que eventualmente será necessário reunir um grupo de pessoas e dar a eles um nome para chamar de público-alvo de uma campanha. E convencionou-se em chamar o grupo de pessoas nascidas entre os anos de 1980 e 2000 de “millennials”, ponto. O que Adam quis desconstruir são os esterótipos que foram atrelados a esse grupo: de que são preguiçosos, só pensam em si mesmos, não trabalham nada e são dependentes dos pais. Esterótipos esses que não são muito diferentes dos atribuídos às gerações passadas.

Dito isso, Adam não é um especialista na área. Aos que não notaram o começo do vídeo, ele fez um disclaimer bem claro: “eu sou um comediante”. Por isso, Adam diz que não é qualificado para falar como um expert, então no lugar de apresentar pontos bem embasados e pesquisados, decidiu apenas mostrar evidências anedóticas suportadas por factoides que provam seu ponto de vista, que é de que os millennials, na forma dos seus esterótipos, não existem.

Eu concordo com ele. Você não?

Comente

  • Concordo. Millenials são tão inúteis que praticamente não existem.

    • Tinha que ser alguém da geração X mesmo. :P

      • Meio óbvio…

        • A Geração X aos 25 anos inventou a Internet comercial. A Geração Y, no mesmo tempo, inventou o post de mimimi e a carreira de fazer miçangas e cupcakes. Ah, e as bandas que emulam as dos anos 80, e os DJs que tocam hits de FM.

          • seu Warner do p.f.
          • Edson Arantes

            O kra quer arranjar treta kkk isso é bait mano…

          • Então me diga o que os Millenials produziram, não fuja da pergunta!

          • Marcos Vinícius

            rsrs

          • E os millennials inventaram o Facebook. :)

          • Essa EU já disse. Que mais?

          • Vinicius

            Eu vou deixar aqui:

            A cura do câncer e da AIDS.

          • Através do mimimi?

          • Vinicius

            A geração acabou? mas estão no meio do caminho.

          • Já tem Millennial com trinta e tantos anos, e a Geração Z, a seguinte, já tem seus primeiros adultos. E nada! Vou conceder que algumas startups unicórnio como AirBnB e Uber têm entre seus fundadores Millenials (junto com gente da Geração X). Mas e artisticamente, culturalmente, nada? Está cheio de Millenial aqui nessa thread reclamando, NENHUM consegue responder minha pergunta? Quais são as realizaçoes dessa geração?

          • Para provar meu ponto sobre a preguiça infinita dos Millenials: ninguém aqui nem passou no Google a pesquisa “Notable Millenials”: https://www.google.com.br/search?q=notable+millennials

          • Vinicius

            Opa… falar que artisticamente e cultural nada apareceu é falácia. Só vou deixar uma coisa aqui que vai “apenas” acabar com as gerações anteriores.

            Não criamos nenhuma guerra e nem temos uma geração suja de sangue.

          • Se fosse falácia, antes de vir com esse mimimi de “não criamos nenhuma guerra”, você mencionaria algum Millenial de destaque artístico ou cultural. SÓ QUE NÃO EXISTE! Em tempo: ninguém da Geração X causou nenhuma guerra. Mesmo o Obama, que é um líder jovem, é um “Late Baby Boomer”, nascido em 1961. #FAIL

          • Vinicius

            E o ISIS é o que? geração X, esqueceu da Síria.

            Malala Yousafzai, Ryan Coogler, Ava DuVernay, Jennifer Lawrence, John Green, Lady Gaga… e ainda não tem nem 30 anos de geração.

          • Podia ficar sem passar vergonha, então vamos lá:

            1) Malala nasceu em 1997, ela não é Millenial, é Geração Z; (#FAIL)
            2) Não vou discutir que o principal líder do ISIS é da Geração X, Abu Bakr al-Baghdadi; (#WIN)
            3) Mandou bem na lista de gente com potencial de deixar uma marca (mas ainda não deixou) (#WIN)… mas sério, LADY GAGA? Really? A sub-Madonna que foi zoada pelo filho do Bowie? Essa é a sua referência musical? Fodeu, agora estou com vergoha de Radiohead, Moby, Daft Punk, Nirvana, Oasis e outras porcarias da minha geração, que nunca farão frentre ao sublime talento de LADY GAGA! (#FUCKINGFAIL!)

          • Mas você está de parabéns por pelo menos se esforçar na defesa de sua geração. Já está acima de 99,99999% dela.

          • Vinicius

            Radiohead, o que fizeram de tão importante, além claro de tocar na MTV. Moby, o que é isso? DP uma das poucas coisas relevantes, Nirvana? sério, sério mesmo nem o Kurt aguentou essa tranqueira. Oasis… putz, nem existe mais, banda de um hit só.

            Manda alguém que tenha vendido mais que Gaga e Kate… valeu lembrou do filho do Bowie, cineasta millenial promissor.

            Agora vou ouvir Adele, essa porcaria dos millenials kkk

          • Ou seja, apesar dos Millenials fazerem todo o mimimi contra o sistema, medem “artishtas” pelo que vendem, por isso bostas como Adele (ai meu caralho), cantora sertaneja, são boas? Nem coerência Millenial tem.

          • Wesley Safadão é Millenial e vende pacas, Luan Santana também. Eles são bons, então? #FAIL

          • Vinicius

            Realmente vc chamar a Adele de bosta vai apagar todos os prêmios, shows lotados, oscar e sei lá mais que ela ganhou.

            Dinossauro larga osso! cabeça dinossauro kkk

          • Porque “muderno” para Millenial é uma idiota que canta música de cadela submissa para macho. Tá serto!

          • Vinicius

            Olha o nível de diálogo da geração X…

          • Millenial consegue fazer mimimi até com vocabulário que não é politicamente correto! É a geração mais clichê da História.

          • Vinicius

            Olha o nível da pessoa… sorry por “roubar” seu emprego trabalhando menos kkk

          • Errou. Eu tenho empregados da sua geração. Baratinhos, mas fraquinhos…

          • Vinicius

            Vou dar print agora… Torça para eles não descobrirem como o chefinho é patético na internet kkk

            Acha que engana quem mané. Chefe que é chefe não perde tempo no disqus, fica calculando as planilhas do leão.

          • Não quando o negócio funciona…

          • Vinicius

            Vou dar print… não tem chororo

    • rhogerfelix

      O cara palestrou querendo provar exatamente o contrário do que você acabou de falar, amigão. Seria interessante entender um pouco mais da leitura antes de comentar.

      • Já que você entende as coisas melhor que eu, me conte sobre o que os Millenials produziram. Algum novo gênero musical, um diretor de cinema marcante, uma startup transformadora. Vou dar um boi e te dar o Mark Zuckerberg com o Facebook. Que mais?

        • Nem o EDM, o lixo que os Millenials chamam de “música eletrônica” foi inventado por eles. Foi a quadrilha do David Guetta, que é velho.

          • MIMIMI

            Cara, você é chato mano. Sai da Terra.

          • Nick perfeito. Além de descrever um Millenial, denota moleza e covardia se esconder.

          • Italool

            Nada disso importa. Em breve não vai estar entre nós, e suas ideias e seu conceitos vão junto com você :( sorry

    • Estolano

      Brilhante dedução, Hesíodo.

    • Rômulo~

      nossa mas que gratuito esse ódio…

      • Pronto, ja fez o mimimi esperado. Agora mencione realizações dos Millenials.

  • Gilles Beleuze

    concordo e muito com o que o Adam falou. toda essa rotulação negativa na verdade se baseia mesmo é em preconceito cultural. gosto muito de uma parte da palestra em que ele diz como ao longo da vida vamos nos tornando menos narcisistas, o que é verdade. no entanto, é justamente essa parte da palestra que me traz à atenção como independentemente de tudo isso nós não possamos ser criticados pelos mais velhos com um “calma lá, jovem”, que de certa maneira vai ser uma forma de comunicação pela qual iremos tomar consciência de um mundo além do nosso umbigo.

  • Estolano

    Millenials são tão diversos, que o que mais vejo é gente entre 20 e 30 anos falando esse discurso gagá…. i mean: condescendente sobre gerações como se eles não fizessem parte dela.

  • Patrícia

    Eu nunca entendi muito por quê as definições de publico alvo têm de ser feitas a partir de idade. Não existe gente hipster de 50 anos? Não existe jovem de 20 com cabeça de velho? Pra mim faz mais sentido pensar em perfis de personalidade e faixa de renda.

  • Pedro

    Esse Mnegrini só tem opinião burra. Discutir pra quê? Entra no perfil do cara e dá uma olhada pra ver o nível, hehehe