Clicky

capa-b9-s02e39

Pouco Pixel 39 – A arte de lançar

Não basta estrear - tem de estrear em alto estilo

21.mar.2016

A primeira impressão é a que fica. Será mesmo? Adriano Brandão e Danilo Silvestre se lembram dos lançamentos dos grandes video games e ficam se perguntando: os jogos que os consoles colocam à disposição dos consumidores logo no primeiro dia de vendas são capazes de definir sucesso ou fracasso? Por que o launch lineup do Nintendinho foi especial? Como o Genesis deu certo, mesmo tendo perspectivas tão pouco animadoras? E o Dreamcast, hein?

(Este episódio foi trazido a você por Wikipedia. Você já fez sua contribuição?)

Download | iTunes | Feed

00:02:00 – A arte de lançar
01:05:32 – Debate de bolso
01:30:35 – Cartinhas

Os famosos links no post

Jogos mencionados: “Pelé’s Soccer“… Não, mentira :) “Super Mario Bros.“, “Excitebike“, “Kung-Fu Master“, “The Legend of Zelda“, “Altered Beast“, “Space Harrier“, “Golden Axe“, “Sonic“, “F-Zero“, “NBA Jam” e “Virtua Fighter
> O artigo da Wikipedia sobre launch lineups
>
Eis R.O.B., o robô da Nintendo
> O famoso Tommy Lasorda – bom, entre os aficcionados de beisebol ele é certamente famoso!
> Genesis Does! (What Nintendon’t)
> Muzak é uma gravadora americana que ficou famosa por suas compilações de música de elevador
> Mahjong e shogi, dois milenares jogos de tabuleiro orientais (e o japonês Yoshiharu Habu, famoso enxadrista e jogador de shogi)
Um convidado bem trapalhão“, insuspeita comédia que é, na verdade, um filme experimental típico da contracultura

Groselhas

A “Missa” de Bernstein foi composta para um centro Kennedy em Washington, não em Nova York

O som do episódio

Sonic Adventure!

Mande cartinhas!

Aqui nos comentários, no nosso Twitter, no nosso Facebook ou por e-mail, direto no nosso site. Valeu!

Comente