Clicky

Jornais despencam, mobile domina e podcasts crescem no mercado de mídia dos EUA

São alguns dos achados do State of the News Media 2016, o estudo mais importante do setor

15.jun.2016

A Pew Research lançou hoje o State of the News Media de 2016, o mais importante estudo do setor de mídia nos Estados Unidos.

São 16 páginas que analisam diferentes modelos da indústria, como jornais, televisão, TV por assinatura, rádio, revistas, digital e até podcasts. Claro que são números restritos ao mercado norte-americano, mas que podem nos dar um bom panorama do futuro da mídia também no mundo.



Aqui vão 5 pontos principais destacados no estudo pela própria Pew Research:

1. Jornais impressos já eram

2015 foi o pior ano para a indústria de jornais. Queda na circulação (-7%), queda na receita com publicidade (-8%) e queda nos empregados das redações (-10%). Segundo a Pew Research, o segmento pode ter atingido um ponto sem volta.

PJ_2016.06.15_state-of-the-news-media_overview-02

2. Publicidade digital cresceu 20%, alavancada pelo mobile

Pela primeira vez, o investimento em publicidade mobile ultrapassou o desktop. Crescimento de 65% em plataformas móveis, respondendo por 32 bilhões de dólares gastos. A indústria digital inteira arrecadou 60 bilhões de dólares em 2015.

65% dessa dinheirama toda ficou concentrada em apenas cinco empresas: Google, Facebook, Yahoo, Microsoft e Twitter

FT_MobileAds_16.6.15

3. Investimento em emissoras locais se manteve estável

Os canais locais são um fenômeno nos EUA bem diferente do que encontramos no Brasil. Eles são a maior fonte dos americanos no consumo de notícias, ainda que os mais jovens usem o Facebook pra isso. Ao contrário dos jornais impressos, o investimento nessas emissoras se manteve estável, com expectativa de aumento em 2016, ano de eleições no país.

4. TV a cabo cresceu em audiência e faturamento

Motivado pelo cobertura presidencial, o crescimento em audiência dos canais de notícia foi de 8%. Média de 3.1 milhões de espectadores no prime time. Só a CNN cresceu 38%, colaborando bastante com esses números.

O investimento publicitário anual dos três maiores canais de notícias (Fox News Channel, CNN e MSNBC) deve fechar em 4 bilhões de dólares no ano, um aumento de 10%.

FT_CableRevenue_16.6.15

5. Podcasts continuam crescendo

Um em cada cinco americanos (com mais de 12 anos de idade) ouviu algum tipo de podcast no último mês. 36% desse público já ouviu podcast pelo menos uma vez na vida, crescimento de 23% em relação a 2010.

Apesar do aumento da audiência média, a familiaridade com a mídia se manteve estável. Apenas 49% dos americanos com mais de 12 anos de idade já ouviram falar no termo “podcast”.

A plataforma Libsyn, a maior em hospedagem de podcasts nos EUA, relata também aumento na quantidade de programas hospedados: 28 mil em 2015, responsáveis por 3.3 bilhões de downloads. Segundo a empresa, 69% desses downloads foram feitos em dispositivos móveis, e apenas 31% em computadores desktop e notebooks.

Apesar disso, o investimento em publicidade ainda é ínfimo se comparado aos outros setores da indústria. Em 2015, apenas 34 milhões de dólares foram gastos pelas marcas em podcasts.

podcastspew

> Confira o State of the News Media 2016 na íntegra

Comente