Pouco Pixel 63 – The show must go on

O negócio é faturar sem parar

O que é bom tem sempre que continuar? Mesmo? Adriano Brandão e Danilo Silvestre repassam toda a história dos video games para tentar descobrir quando a indústria deixou de ser uma máquina criativa para se transformar em uma grande xerocadora. Qual a diferença entre uma franquia, uma propriedade intelectual e uma série? O que tem de novidade entre os “Mega Man” 3 e 6? O mundo precisa de um “Assassin’s Creed” novo todo ano?

Download | iTunes | AndroidFeed

00:02:35 – The show must go on
00:52:29 – Debate de bolso
01:17:32 – Cartinhas
01:27:13 – Extras do diretor

Os famosos links no post

Jogos mencionados: Super Mario Bros.“, “Ninja Gaiden“, “Mega Man“, “Double Dragon“, “Bart vs. The Space Mutants“, “Battletoads“, “Shenmue“, “Pac-Man“, “The Legend of Zelda“, “River Raid“, “Sonic” e “Golden Axe
Super Mario Run“, o primeiro jogo do Mario para celulares – primeiro no iPhone, depois nos Androids
Argíria é o nome da doença que torna a pele humana azul, causada por ingestão excessiva de prata. Há diversos casos relatados, mas o mais famoso é o de Paul Karason, que virou presença constante nos talk shows vespertinos da TV americana
A fabulosa “troca de marcha do caminhoneiro“, modulação forçada que dá um toque especial brega à boa parte da música pop dos anos 80 e 90 (e à praticamente todas as canções do Eurovision). Veja o exemplo máximo no final de “I just called to say I love you“, de Stevie Wonder (acontece no minuto 3:31; aproveite para curtir o “maravilhoso” clipe também)
What to listen for in music“, o livro do compositor americano Aaron Copland sobre apreciação musical, lançado em português como “Como ouvir e entender música

Groselhas

O célebre quadro do pintor francês Jean-Auguste-Dominique Ingres se chama, muito mais apropriadamente, “A banhista de Valpinçon
O livro do filósofo esloveno Slavoj Zizek sobre o movimento Occupy Wall Street se chama, na verdade, “O ano em que sonhamos perigosamente

O som do episódio

Super Mario Bros. 2!

Mande cartinhas!

Aqui nos comentários, no nosso Twitter, no nosso Facebook ou por e-mail, direto no nosso site. Valeu!

Compartilhe: