Clicky

Medium demite um terço dos funcionários e busca novo modelo de negócios

CEO, EV Williams, admitiu que não conseguiu unir bom conteúdo e lucro

4.jan.2017

O Medium, uma plataforma para publicar textos autorais que cresceu 300% no ano passado, demitiu aproximadamente 50 funcionários da equipe, principalmente nos setores de vendas, suporte e negócios em geral. A plataforma que coloca na mesma página autores conhecidos mundialmente e escritores desconhecidos cumpriu parte de sua meta inicial, desenvolver um meio em que os usuários se motivassem a escrever bons conteúdos, e não textos rasos e não originais que vemos lucrar na publicidade online.

Apesar disso, segundo o CEO da empresa, Ev Williams, a construção do modelo atual do website não foi a solução completa para o problema maior, o de conseguir direcionar o lucro ao bom conteúdo. Continuar no mesmo caminho seria um risco ao Medium, de se tornar somente uma extensão do sistema quebrado já existente – a mídia voltada à propaganda, e não às pessoas.



A demissão em massa, aliada ao fechamento de dois escritórios, de Nova Iorque e Washington D.C, são algumas das medidas para abordar o problema maior. “Nós acreditamos que as pessoas que escrevem e compartilham ideias devem ser recompensadas a partir de suas habilidades de instruir e informar, não simplesmente pela sua habilidade de atrair alguns segundos de atenção”, disse o CEO a respeito da mudança para o novo modelo.

Agora como exatamente esse modelo vai funcionar, ainda não sabemos. Nem mesmo a própria empresa. Segundo o anúncio, o processo ainda não é claro e deve demorar algum tempo. Você pode ler o pronunciamento completo de Ev Williams em seu post.

Também no B9

Comente