Clicky

É o fim do Yahoo como nós o conhecemos

Empresa será dividida em duas para poder ser vendida

10.jan.2017

O Yahoo, empresa americana fundada em 1994 por Jerry Yang e David Filo, não vai mais existir. Ao menos não na forma como nós a conhecemos atualmente. Após inúmeros ataques e vazamentos de dados dos seus usuários, a operadora Verizon (que fez uma oferta de compra pela companhia no ano passado) decidiu quebrá-la em dois pedaços, comprar um deles e renomear o restante. Só asssim para fechar a negociação de compra.

A Verizon fica com os serviços do Yahoo, como o e-mail, Flickr, Tumblr e toda essa parte. O resto do Yahoo virou uma Holding, que fica somente com algumas patentes, ações da gigante Alibaba e o Yahoo Japão que a Verizon não quis – essa holding foi renomeada para Altaba.



É provável que a Verizon continue com a marca Yahoo inicialmente – afinal de contas os serviços que ela comprou só tem valor porque as pessoas conhecem e usam. Mas ao longo do tempo essa marca também pode perder força e desaparecer. Só não sabemos quanto tempo vai demorar até que isso aconteça.

Com as mudanças, o quadro de diretores da empresa cai de 10 para 5 e uma das pessoas que teve seu cargo eliminado foi Marissa Mayer, antes a CEO do Yahoo. Agora ela deve coordenar a integração da empresa à Verizon, mas ainda não foi divulgada qual a posição que ela deve ocupar.

Importante lembrar também que todas essas alterações são apenas propostas por enquanto e se não forem aprovadas, tudo volta a ser como estava antes.

Comente