Clicky

Facebook chegou tarde na realidade aumentada, mas promete finalmente dar utilidade à tecnologia

Plataforma Camera Effects foi apresentada por Mark Zuckerberg na F8 Conference

18.abr.2017

Bem no dia em que o Snapchat anunciou os filtros World Lenses, o Facebook contra-atacou diretamente em anúncio feito durante a F8 Conference.

Mark Zuckerberg demonstrou a estratégia da empresa em realidade aumentada, que começa com uma plataforma chamada Camera Effects. Ela mistura mapeamento 3D, reconhecimento de objetos e localização simultânea parar criar efeitos que, segundo Zuck, podem ser apenas divertidos ou bastante úteis.



Diversos tipos de uso foram exibidos. A camera do Facebook vai reconhecer objetos e sugerir efeitos contextuais. Você aponta para uma xícara de café, por exemplo, e aparece uma animação de fumaça. Existe também a possibilidade de lojas marcarem produtos reais, e até realizarem vendas com a plataforma.

Zuck ainda exibiu experiências com arte e games, como permitir jogo de tabuleiro com personagens 3D, ou adição de grafites em locais reais, somente reveladas aos outros através de realidade aumentada. Assista a apresentação completa no vídeo acima.

O Camera Effects foi lançado hoje em beta fechado, para que desenvolvedores comecem a experimentar com filtros de foto e vídeo. Para tanto, duas ferramentas estarão disponíveis para criação: AR Studio e Frame Studio.

Comente