Clicky

Concorrente do Amazon Echo Dot é 40% mais barato e ainda vem com Alexa

Desenvolvido pela Anker, Eufy Genie custa US$ 35 e vai ajudar a Amazon na dominação do mercado de assistentes virtuais

9.ago.2017

A Amazon é conhecida por copiar produtos de outras marcas, fazer uma versão com o próprio nome e vender mais barato dentro do seu ecommerce. De fraldas a pilhas. Quase tudo tem uma variante com a marca da loja de Jeff Bezzos. Agora parece que o feitiço virou contra o feiticeiro. Uma marca criou uma cópia mais barata do Echo Dot, o menor modelo da caixa smart da empresa. Se não bastasse o preço menor, o novo dispositivo ainda vem com a Alexa, assistente pessoal desenvolvida pela própria Amazon.

O gadget se chama Eufy Genie e é desenvolvido pela Anker, uma empresa conhecida pelos power banks e cabos para smartphone. Enquanto o Echo Dot sai por US$ 50, a caixinha inteligente da Anker custa US$ 35, 40% mais barata do que o modelo da gigante do ecommerce.



A promessa é oferecer os mesmos benefícios que o Echo Dot com uma captação de áudio mais eficiente. Graças a Alexa é possível definir por comando de voz desde pequenos alertas, como um despertador, até mesmo criar listas de compras, enviar mensagens ou saber as notícias ou a previsão de tempo do dia.

Como vantagem, o Eufy Genie é compatível de forma nativa com equipamentos de automação residencial desenvolvidos pela Anker. A empresa pretende lançar alguns produtos, de lâmpadas a tomadas, compatíveis com a tecnologia.

A única coisa que o Eufy Genie não faz em relação ao Echo Dot é se conectar a uma caixa de som externa. Uma versão com Bluetooth, custando US$ 40, já está nos planos da Anker.

A venda da primeira versão começam dia 16 de agosto – na Amazon.

A Amazon está ligando?

Não pense que a Amazon está preocupada e entrará em uma longa disputa judicial com a ‘pequena’ Anker. Jeff Bezzos não dá ponto sem nó. Em junho de 2015 a empresa liberou um kit de desenvolvimento permitindo que outras empresas utilizem a Alexa em seus próprios dispositivos.

O objetivo, claro, é aumentar a base de dados dos usuários da Alexa e, com isso, dominar o mercado de assistentes virtuais. E também aumentar as vendas no ecommerce. Onde você acha que a Alexa cria as listas de compras?

Também no B9

Comente