Clicky

Esse robô-abelha é capaz de mergulhar e sair da água
robot_on_land_HighRez_copy

Esse robô-abelha é capaz de mergulhar e sair da água

Os RoboBees podem ser úteis para pesquisas ambientais e missões de resgate nos oceanos

por Agnes Guimarães Cruz

Desde 2013, um grupo de pesquisadores da Universidade de Harvard está determinado em salvar o destino das colmeias do planeta com a ajuda da robótica: os RoboBees, criados pela equipe, são minúsculos e possuem 175 miligramas (ou são 14 vezes mais leve do que um centavo), com habilidades que foram desenvolvidas aos poucos. Começaram aprendendo a voar, e não demorou muito para que fossem capazes de realizar movimento embaixo d´água.

Agora, eles ganharam um upgrade importante: podem aterrissar e sair da água, superando a tensão superficial que poderia afetar seus movimentos, já que o fenômeno é tão forte quanto uma força de gravidade, já que faz com que moléculas de água de lagos, mares e oceanos criem uma barreira quase impenetrável para muitos insetos e outros corpos leves.

A água é o próprio combustível dos robôs, que conseguem essa proeza graças a um foguete que carregam e que é acionado por uma bateria, formada por um sistema de placas eletrolíticas responsáveis por converter H20 em uma mistura de gases de hidrogênio e gases de oxigênio, ou “oxi-hidrogênio”. O gás é altamente explosivo e capaz de gerar o impulsionamento necessário para o movimento dos robôs e ajudá-los a superar a barreira da superfície aquática.

O RoboBee dessa nova versão possui um design diferente de seus predecessores, para que houvesse um espaço para o foguete que o impulsiona. Mas os pesquisadores não conseguiram instalar um sistema mais sofisticado de monitoramento, e o robô não pode ser conduzido remotamente. No entanto, a expectativa é que, com os aprimoramentos necessários, robô-abelha possa ser útil em missões de resgate em alto-mar e em pesquisas sobre o meio-ambiente aquático, graças à sua possibilidade de adentrar em altas profundidades.

Assista ao vídeo que apresenta o robô:

Compartilhe: