Clicky

Pouco Pixel 143 - O outro Ryu

Pouco Pixel 143 – O outro Ryu

Deixou sua marca e sumiu. Como um ninja

por Pouco Pixel

Pioneiro das cutscenes, pioneiro da luta freeflow 3D. Por que nunca nos lembramos de “Ninja Gaiden”? Adriano Brandão e Danilo Silvestre conversam sobre a série que, partindo de um curioso início nos arcades, chegou ao Nintendinho como o que havia de mais avançado nos video games. Depois sumiu, para renascer uma década depois, no Xbox, deixando marcas profundas uma vez mais. O que tem na saga de Ryu Hayabusa que torna seus jogos tão especiais? Como as duas encarnações de “Ninja Gaiden” puderam influenciar tão fortemente os game designers posteriores?

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

00:07:35 – Tema
01:05:55 – Telecatch

Seja um mecenas esclarecido!

Contribua com o Pouco Pixel e faça parte de um grupo privilegiado que não somente participa do nosso grupo secreto no Facebook, com muita interação e papos aleatórios exclusivos, como também recebe antecipadamente os episódios do podcast! Tudo isso por somente 10 reais por mês – mais barato que suco de shopping.

Receba todas as novidades do Pouco Pixel…

… na hora em que elas acontecerem! Episódios novos, bastidores das gravações, lançamento do crowdfunding dos livros… seja lá o que for, você fica sabendo em primeira mão no Fanclic. O Fanclic é um aplicativo para iPhone e Android que, ao contrário de ~certas redes sociais~, realmente te mostra tudo o que seus criadores favoritos fazem. Sem filtro, sem pegadinha. Instale agora e siga o Pouco Pixel – além de ser bem legal, a grana da publicidade ajuda a gente também!

Os famosos links no post

Siga a gente no Fanclic e receba notificações com todas as novidades do Pouco Pixel!
Camisetas, canecas e até almofadas do Pouco Pixel você compra na Galeria Pix
O vilão do “Ninja Gaiden” original, o beat’em up de arcade, é Bladedamus (!), descendente de Nostradamus (!!) que deseja fazer valer na marra as profecias apocalípticas do antepassado (!!!) e enche as ruas dos Estados Unidos de criminosos (!!!!)
Em consoles caseiros, a série “Ninja Gaiden” teve três jogos no Nintendinho (1988, 1990 e 1991), um no Master System (1992) e a compilação do Super Nintendo (1995). Em portáteis, a série chegou ao Atari Lynx (1990), ao Game Boy e ao Game Gear (ambos em 1991)
Golgo 13” é um mangá de espionagem do final dos anos 60 e que é publicado até hoje. Dois jogos de Nintendinho foram baseados no personagem, “Top Secret Episode” e “The Mafat Conspiracy
Provavelmente a música mais famosa da série “Ninja Gaiden” é a da fase 4-2 do primeiro jogo, conhecida como “Unbreakable Determination“, e que recebeu covers de todos os tipos
O jogo de 2018 para o Danilo é “Return of the Obra Dinn“, um puzzle indie monocromático do mesmo criador de “Papers, Please”
A história da série “FIFA”, que se tornaria um dos maiores fenômenos dos video games, começou trágica
Mande um “oi” para o simpático Janco Tianno, digo, Jan Tian
Não, “Frostbite” não tem música alguma
O Adriano escolheu “FIFA” como a franquia mais importante de todos os tempos no polêmico High Five do episódio #94
imperativo do verbo “prometer” é: promete (tu), prometa (você)

Nosso som

O tema de abertura do Pouco Pixel foi composto pelo Rodrigo Faleiros, da Wagging Tail. Conheça o trabalho dele! Já as vinhetas e a trilha sonora de fundo são do Azureflux.

Compartilhe: