Pouco Pixel 148 – Ascensão e queda dos adventures

Definiram os jogos de computador nos anos 90... e sumiram

por Pouco Pixel

Pegue! Empurre! Use! Olhe! Nunca o imperativo foi tão útil quanto nos lendários jogos de adventure – sejam eles somente de texto, gráficos ou point-and-clickAdriano Brandão e Danilo Silvestre visitam o mundo de aventura e exploração de jogos como “Maniac Mansion”, “King’s Quest” e “Monkey Island” e tentam decifrar dois mistérios aparentemente antagônicos: o que tornou esse gênero sucesso tão grande no início dos anos 90, e o que fez ele sucumbir logo em seguida?

[Grandes assuntos merecem ser revisitados. Este é um episódio da série Remastered, que aborda, com conteúdo 100% novo, os temas dos primeiros dias do Pouco Pixel. O podcast desta semana é uma releitura inédita do episódio #14, de julho de 2015.]

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

00:07:42 – Tema
01:10:07 – Bota Ficha

Seja um mecenas esclarecido!

Contribua com o Pouco Pixel e faça parte de um grupo privilegiado que não somente participa do nosso grupo secreto no Facebook, com muita interação e papos aleatórios exclusivos, como também recebe antecipadamente os episódios do podcast! Tudo isso por somente 10 reais por mês – mais barato que suco de shopping.

Vídeos do Pouco Pixel!

Estamos no YouTube! Todas as quintas-feiras tem vídeo inédito em que jogamos e comentamos algum game velho. E de vez em quando soltamos vídeos extras sobre temas relacionados a retrogamingVem ver a gente jogar! (Só não se esqueça de assinar o canal, clicar no sininho, dar joinha, aquela coisarada toda.)

Os famosos links no post

  • Siga a gente no Fanclic e receba notificações com todas as novidades do Pouco Pixel!
  • Camisetas, canecas e até almofadas do Pouco Pixel você compra na Galeria Pix
  • YouTube: toda quinta jogamos jogo velho, mas às vezes fazemos hora extra
  • Este episódio complementa o conteúdo do episódio #14, lá da primeira temporada
  • A Ediouro publicou no Brasil duas séries americanas de editoras diferentes sob um mesmo selo, o Enrola e Desenrola. A série mais antiga e duradoura foi “Choose Your Own Adventure“, publicada pela Bantam Books entre 1978 e 1998, chamada no Brasil de “Escolha a sua aventura”. A outra era “Twistaplot“, publicada pela Scholastic entre 1982 e 1985, cuja versão brasileira foi batizada de “E agora você decide”. Lançadas aqui simultaneamente, eram virtualmente idênticas em mecânica e estilo
  • O nome da engine dos graphic adventures da Sierra é a AGI – Adventure Game Interpreter – e ela foi usada por 5 anos, até ser substituída pela SCI – Sierra’s Creative Interpreter
  • A série “Police Quest” foi escrita em conjunto com policiais aposentados, que se encarregavam de tornar as histórias verossímeis, incorporando procedimentos reais da polícia aos puzzles. Os três primeiros episódios foram supervisionados por Jim Walls e os três seguintes receberam a consultoria do polêmico Daryl Gates, ex-chefe da polícia de Los Angeles
  • Scumm, a engine dos adventures point-and-click da LucasArts, entre outras coisas, tinha o papel de integrar bibliotecas especializadas, como a Cyst, a Flem e a Mmucas
  • O último Monkey Island foi “Escape from Monkey Island“, 3D como “Grim Fandango” e tão mal-sucedido quanto ele
  • Tennis for Two“, o primeiro video game da história, não tem nada a ver com exército ou radares: ele foi desenvolvido em um laboratório de física e usava a tela de um osciloscópio
  • Falamos um pouquinho de “O conde de Montecristo“, o jogo, no nosso episódio #47
  • manual de “Leisure Suit Larry” não só dá o contexto da aventura (ausente do jogo) como também inclui um walkthrough razoavelmente completo do primeiro cenário!
  • Com alguma paciência não é complicado encontrar o easter egg de “Adventure”, do Atari
  • Thimbleweed Park” reuniu Ron Gilbert e Gary Winnick, a mesma dupla de “Maniac Mansion”, em 2017 e tem como objetivo declarado voltar ao espírito de 1987
  • Realidade misturada, mista ou híbrida é a junção de conceitos de realidade aumentada (objetos virtuais aparecem em ambientes reais) com conceitos de realidade virtual (manipulação ativa de objetos virtuais persistentes em ambientes reais)

Nosso som

As vinhetas do Pouco Pixel foram compostas pelo Rodrigo Faleiros, da Wagging Tail. Conheça o trabalho dele! Já a trilha sonora de fundo é do Visager.

Compartilhe:
  • tags: