George R. R. Martin pede para ser preso caso “The Winds of Winter” não saia em 2020

Autor pretende ter obra publicada até agosto de 2020, quando viajará para a Nova Zelândia para participar de evento literário

por Matheus Fiore

Há anos os leitores da saga “As Crônicas de Gelo e Fogo” aguardam pelo novo capítulo da série literária. A série, iniciada em 1996 com “A Guerra dos Tronos”, teve quatro continuações, sendo que a última, “A Dança dos Dragões”, foi publicada em 2011. O atual intervalo é o maior da saga: já são oito anos sem novos lançamentos. Vale lembrar, claro, que Martin também esteve ocupado participando da produção de “Game of Thrones” para a HBO.

Os fãs, porém, não param de pedir para Martin finalizar sua próxima obra, que daria continuidade aos eventos situados entre a quarta e a quinta temporada do seriado de televisão, o tal do “The Winds of Winter”. Martin, agora, prometeu uma data: até agosto de 2020, quando o escritor terá que viajar para a Nova Zelândia.

Tudo começou com a Air New Zeland lançando um vídeo promocional, convidando Martin a viajar para a Nova Zelândia, pois o país seria o cenário ideal para o escritor sentar, relaxar e finalizar sua obra.

Martin, que já iria para o país para participar de um evento literário, recusou o convite de ir para lá durante o processo de escrita. Porém, na postagem feita em seu blog pessoal, o autor prometeu uma data para o lançamento do próximo livro:

“Sobre finalizar meu livro… Eu temo que a Nova Zelândia me distrairia demais. É melhor me deixar aqui em Westeros. Mas eu digo o seguinte: se eu não tiver terminado “The Winds of Winter” antes de chegar na Worldcon, vocês terão minha permissão por escrito para me aprisionar em uma pequena cabine de White Island, com vista para aquele lago de ácido sulfúrico, até que eu morra. Contanto que os vapores não atrapalhem meu velho processador de texto DOS, eu ficarei bem.” ele escreveu na publicação.

Apesar do tom, ainda não há uma data definida para o lançamento do livro penúltimo da saga.

Compartilhe: