Huawei apresenta alternativa ao Android, o HarmonyOS

Por enquanto, sistema estará disponível para produtos de telas inteligentes, mas a versão para smartphones pode ser lançada assim que a empresa não puder mais operar com Android

por Soraia Alves

A Huawei apresentou hoje sua alternativa ao Android, durante a Huawei Developer Conference. Chamado HarmonyOS, o sistema foi descrito como mais rápido e mais seguro que o Android.

A apresentação foi feita pelo CEO da empresa, Richard Yu. Segundo ele, por enquanto o software é voltado principalmente para produtos de IoT (como telas inteligentes, wearables, alto-falantes inteligentes e dispositivos para carros) em vez de smartphones. Mas o CEO fez questão de ressaltar que quando a Huawei não puder mais acessar o ecossistema Android, passará a implantar o HarmonyOS também em seus smartphones.

A apresentação foi bastante técnica. A plataforma é de código aberto, e na verdade é mais um concorrente do próximo Fuchsia, do Google, já que ambos são baseados em microkernel e podem ser usados ​​em vários tipos de dispositivos de uma só vez.

O HarmonyOS realmente deve ser mais seguro desde o início, já que não há acesso root disponível. O sistema também aplica a verificação formal – um conjunto de abordagens matemáticas usadas em campos críticos de segurança – para identificar vulnerabilidades de forma confiável.

De acordo com Yu, o HarmonyOS está em desenvolvimento desde 2017, e a versão que a Huawei divulgou hoje terá como alvo produtos de telas inteligentes, como o Huawei Vision, que será lançado ainda este ano.

Uma data oficial para o lançamento do HarmonyOS não foi divulgada, Segundo o CEO, o sistema “está pronto para ser lançado a qualquer momento”. Ainda assim, é difícil dizer se todas as suas supostas vantagens do HarmonyOS conquistarão desenvolvedores e usuários – especialmente nos Estados Unidos.

Compartilhe: