Nos passos do Telegram, WhatsApp testa criar mensagens com data de expiração

Nos passos do Telegram, WhatsApp testa criar mensagens com data de expiração

Pelo menos inicialmente, recurso seria exclusivo do Android e para conversas em grupos

por Matheus Fiore

Um recurso bastante interessante do Telegram é a possibilidade de mandar mensagens que se autodestroem após um tempo pré-determinado. Essa novidade, como tantas outras, parece estar prestes a chegar, com algum atraso, ao principal aplicativo de troca de mensagens do mundo, o WhatsApp.

A novidade apareceu como uma versão beta para o aplicativo de Android de alguns usuários, como detectou o WABetaInfo. De acordo com o site, as mensagens só poderão ter tempo de expiração em conversas de grupos, e podem ter data de validade variando entre cinco segundos e uma hora.

O recurso, porém, tem uma limitação. Ele não funciona para mensagens específicas, apenas para toda a conversa. Ou você apagará todo o registro do grupo, ou não apagará nada. A novidade chega em um tempo no qual o WhatsApp tem investido na segurança do usuário, como as melhorias na encriptação das conversas.

Outra novidade parecida com a da auto-destruição das mensagens foi a implementação do cancelamento do envio, que, inicialmente, durava apenas um minuto, mas hoje pode ser utilizado até uma hora após o envio das mensagens.

Não é a primeira vez que uma empresa do Facebook copia uma ferramenta de um concorrente. O Instagram, por exemplo, copiou todo o modelo de rede social do Snapchat em sua seção de Story, o que ajudou o aplicativo de postagem de fotos e vídeos a se tornar, hoje, a principal rede social do mundo.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link