Disney substitui Facebook no top 10 de marcas mais valiosas do planeta

Uber e LinkedIn são as grandes novidades do ranqueamento da Interbrand, que aponta novamente a Apple e o Google como marcas com maior valor de mercado

por Pedro Strazza

A Interbrand divulgou hoje (17) a vigésima edição do Marcas Globais Mais Valiosas, ranqueamento anual produzido pela agência de consultoria de marcas. Entre outros acontecimentos, a edição 2019 da pesquisa revela que o Uber e o LinkedIn pela primeira vez entraram na lista de 100 nomes mais valiosos do meio, além de confirmar o retorno da Disney e a saída do Facebook dos 10 primeiros lugares.

A liderança do ranking, enquanto isso, permanece sendo dividida pela Apple e o Google, que mantiveram respectivamente a primeira e segunda colocação pelo sétimo ano consecutivo. Enquanto a companhia fundada por Steve Jobs cresceu cerca de 9% nos últimos 12 meses, o Google registrou um aumento de 8% nos negócios. Completa o pódio a Amazon, cujo crescimento foi de impressionantes 24%.

Já no top 10 a única novidade é mesmo a Disney, que aparece justo na décima posição e após as aparições da Microsoft (4° lugar), Coca-Cola (5°), Samsung (6°), Toyota (7°), Mercedes-Benz (8°) e McDonald’s (9°). Além do excelente ano no mercado audiovisual e o lançamento do serviço de streaming, a companhia gerida por Bob Iger também chegou à “elite dos 10” graças à queda abrupta do Facebook no ranking, que foi da 9° para a 14° posição na lista da Interbrand – é o segundo ano consecutivo que a companhia de Mark Zuckerberg perde posições, uma informação que é surpreendente se considerar que ela foi do 69° para o 8° lugar entre os anos de 2012 e 2017.

Entre as trajetórias mais agressivas da edição de 2018 e 2019, a Interbrand declara que a Mastercard foi a marca com o maior percentual de crescimento, subindo 8 posições no ranking para se estabelecer no 62° lugar com um aumento de quase 25% no valor de marca. O cartão de crédito é seguido de perto pela Salesforce, que registrou uma expansão de 24% no valor para chegar à 70° posição. A consultoria também declara que o total acumulado pelo portfólio das 100 marcas é de exatos US$ 2.130.929 milhões, algo em torno de 5,7% acima do registrado no ano passado.

Você pode conferir o relatório completo da Interbrand aqui.

Compartilhe: