Twitter confirma que exibiu mais anúncios para usuários menos populares no passado

Prática só foi abandonada recentemente e visava incentivar usuários a engajar com mais frequência na plataforma conforme seu sucesso aumentava

por Pedro Strazza

Depois de uma reportagem da CNBC acusá-la da prática, o Twitter admitiu esta semana que no passado chegou a veicular mais anúncios na plataforma aos usuários que não eram tão populares assim na comunidade. O objetivo com o método, que a companhia declara já ter abandonado, era de incentivar as contas mais bombadas a interagir mais na plataforma pela providência de uma melhor experiência.

De acordo com a rede social, o fim deste favorecimento aconteceu recentemente conforme a empresa “mudou sua abordagem com a forma como exibia anúncios aos usuários”, o que desencadeou a recorrente frustração sentida por contas populares nas últimas semanas com o aumento de propaganda em suas linhas do tempo.

A informação obviamente não pega bem para a reputação da plataforma, mas deve ser mais prejudicial no campo dos negócios onde o Twitter anda bem mal das pernas. Divulgado esta semana, o relatório fiscal do último trimestre da empresa aponta que a rede social estagnou novamente e deve continuar nesta posição na reta final do ano.

Considerando que isto foi suficiente para suas ações caírem em 20%, pode-se imaginar o que a notícia de uma reorganização de espaço publicitário pode fazer ao ser repercutida para investidores e prováveis anunciantes.

Compartilhe: