1157262053.jpg.0

Para desespero dos EUA, TikTok passa a vender anúncios na plataforma com o “Google da Rússia”

Acordo com a Yandex vale por enquanto apenas para o território russo e prevê que anunciantes tenham acesso a dados como interesses dos usuários e características demográficas

por Pedro Strazza

Conhecida como “Google da Rússia”, a Yandex que hoje é a maior plataforma de buscas online do território russo anunciou recentemente uma parceria com o TikTok que vai permitir que a rede social de vídeos conecte seu serviço de publicidade a seus servidores. O negócio representa o primeiro passo do aplicativo da chinesa ByteDance a um modelo de arrecadação via anúncios.

Em seu blog oficial, a Yandex afirma que irá “oferecer propagandas de vídeo em meio ao feed dos usuários do TikTok” a partir de um formato que será especialmente adaptado às dinâmicas da plataforma. Posteriormente ao anúncio, uma representante da companhia russa declarou que a parceria valerá por enquanto somente ao público russo, com planos eventuais de expansão para territórios como o Cazaquistão e Belarus.

Apesar do negócio ser concentrado ao leste europeu, a notícia obviamente levanta atritos com os Estados Unidos, onde a popularidade cada vez maior do TikTok vem aumentando as preocupações sobre privacidade digital da população estadunidense. Um acordo com uma empresa de tecnologia russa, nesse sentido, deve aumentar a temperatura do debate, até porque já há anos rola a acusação de que o governo russo teria interferido nas eleições presidenciais de 2016.

O acordo com a Yandex também reafirma a notícia de que a ByteDance estaria desenvolvendo um sistema de publicidade para o TikTok, que busca criar um sistema que melhor capitalize em cima do sucesso cada vez maior da rede social – só para se ter uma ideia, a Yandex declara que a plataforma chinesa foi o terceiro aplicativo mais baixado da Rússia no mês passado.

Embora não se saiba ainda se haverão mais parceiros, a preocupação é que tipo de informação a companhia chinesa estaria usando para direcionar seus anúncios. Do lado da Yandex, o “Google russo” declara no anúncio que o sistema resultado da parceria permitirá que os anunciantes tenham acesso a dados como “interesses, características demográficas, geografia e outros parâmetros”.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link