Festival de Cannes enfim confirma adiamento por conta do coronavírus

Organização diz que espera marcar nova data para o fim de junho e começo de julho, conforme as autoridades de saúde confirmarem que é seguro a realização do evento

por Pedro Strazza

Demorou, mas aconteceu: o Festival de Cannes está oficialmente adiado devido à pandemia do coronavírus. A organização do evento anunciou nesta quinta-feira (19) a decisão, citando a “crise na saúde” e o desenvolvimento da situação na França e no campo internacional como motivos maiores para o atraso. A 73° edição do festival estava de início programada para acontecer entre os dias 12 e 23 de maio.

No comunicado, os organizadores escrevem que estão considerando diversas opções para manter a edição deste ano em vigor e citam que a ideia é adiar o festival para o fim de junho e começo de julho. “Assim que a situação da França e do cenário internacional nos permitirem abordar possibilidades reais, nós anunciaremos nossa decisão” diz Cannes na declaração.

A decisão do festival acontece no dia seguinte ao adiamento do Cannes Lions, tradicional festival de publicidade que também acontece na região e que já definiu os dias 26 e 30 de outubro como nova data oficial. Embora a organização viesse insistindo nos últimos dias sobre manter a agenda frente à pandemia, a indústria já vinha criando planos de contingência, incluindo a criação de um “mercado digital” para permitir que a tradicional feira do festival prosseguisse conforme o planejado.

Mas ainda que se junte a um grupo grande de eventos e conferências cancelados ou adiados por conta da pandemia – incluindo aí a MWC, o SXSW e a E3 – o caso de Cannes é um pouco mais grave dado que o evento em tese não possui um seguro que garanta indenização em situações de cancelamento. Caso a edição deste ano não ocorra (por falta de data, decreto governamental ou até mesmo prosseguimento da crise), a Variety reporta que os prejuízos às partes envolvidas pode ser homérico.

O adiamento do festival também deve mexer bastante com o calendário global de mostras de cinema, até pela sua centralidade no mercado. Por ser hoje um dos principais pontos de divulgação e negociação da indústria, a mudança de data de Cannes tem poder para alterar de forma brutal o planejamento anual do meio.

Compartilhe: