BrasilCriatividade

Riachuelo produz mais de 40 mil itens hospitalares para doação

Objetivo também é fomentar a economia dos microempreendedores parceiros que dependem dos serviços para se manterem ativos no mercado

por Soraia Alves

Buscando contribuir com o atual cenário de saúde púbica do Brasil, a Riachuelo irá produzir e doar aos órgãos públicos itens hospitalares como máscaras, toucas e jalecos médicos. Esta é a segunda onda de doações da varejista, que já fabricou e doou 12 mil aventais hospitalares para pacientes, que foram entregues às Secretarias de Saúde do Estado e da Cidade de São Paulo e do Rio Grande do Norte.

Após conversas com a Anvisa, para o atendimento a todas as especificações técnicas do órgão regulador, a nova produção de itens será realizada em parceria com as indústrias têxteis Vicunha, Coteminas e Berry, que ofereceram mais de 6 mil metros de tecidos para a confecção das peças. Ao todo, serão mais de 40 mil equipamentos de proteção individual (EPI’s) para distribuição nos estados que mais precisarem.

A fabricação será feita em colaboração com oficinas credenciadas da Riachuelo, que já prestam serviços à varejista. O objetivo também é fomentar a economia dos microempreendedores que dependem dos serviços para se manterem ativos no mercado, no presente cenário de emergência sanitária e econômica.

Além das doações, visando a segurança de todos os seus colaboradores e clientes, a Riachuelo suspendeu, desde a última semana as atividades de seus dois parques fabris (depois da produção dos aventais hospitalares), fechou todas as mais de 320 lojas espalhadas pelo Brasil e disponibilizou sistema de home office aos seus funcionários.

Vale lembrar que antes de tomar as medidas mencionadas acima, a empresa chegou a ser acusada de manter funcionários em escritório mesmo depois que de um profissional ser confirmado com COVID-19.