Depois de "Amizade Desfeita", Universal vai produzir mais 5 filmes ambientados no computador

Depois de “Amizade Desfeita”, Universal vai produzir mais 5 filmes ambientados no computador

Novo acordo firmado com a Bazelevs Company é voltado especificamente aos "screenlife films", projetos que deslocam eixo da narrativa para o mundo virtual

por Pedro Strazza

A Universal Pictures anunciou nesta terça (9) um novo acordo com a Bazelevs Company para a produção de cinco filmes ambientados na tela do computador, seguindo um esquema de narrativa que a produtora desenvolveu para os dois longas da franquia “Amizade Desfeita” e o suspense “Buscando…”. Batizado pela Bazelevs de “screenlife films” mas também conhecido como “desktop horror”, o formato substitui o uso de câmeras tradicionais pelas de computadores e celulares, tomando o ambiente virtual como ferramenta das histórias.

É o gênero dos screenlife films que também é foco do negócio firmado agora entre as duas empresas, que trabalham juntas desde a produção de “O Procurado”, longa de 2007 dirigido justamente pelo fundador da Bazelev, Timur Bekmambetov. A produtora nos últimos cinco anos dedicou parte dos esforços a alimentar o formato e lançou quatro projetos do tipo – incluindo além dos três citados acima o suspense “Profile” – e vem registrando bons resultados na bilheteria: com um orçamento na média do 1 milhão de dólares, “Amizade Desfeita” e “Buscando…” registraram rendas de 64,1 milhões e até 75,5 milhões de dólares.

O acordo entre a Universal e a Bazelev também é uma forma da primeira garantir a continuidade de alguma produção em tempos mais delicados – como a pandemia do coronavírus. Ao Deadline, Bekmambetov declara que os projetos do gênero atualmente tocados pelo estúdio mantiveram a agenda de filmagens e preparação mesmo com as medidas de distanciamento social: “Nós estamos todos em cidades diferentes e podemos gravar telas sem nos reunir” comenta o produtor, que ainda afirma que o estilo “É um tipo de produção muito orgânica, e o que nós aprendemos nestes últimos meses é que a tecnologia é a única que nos permite trabalhar sob estas restrições”.

Bekmambetov também comenta no anúncio do negócio que a Universal ainda não decidiu qual dos projetos desenvolvidos pela Bazelev no gênero ela vai distribuir ou investir, mas que a produtora atualmente conta com cerca de 50 filmes no formato em diversos estilos – incluindo uma sequência para o suspense estrelado por John Cho e distribuído pela Sony Pictures. “Nós sabemos que haverão comédias românticas, ficções-científicas, terror, fantasia e histórias de detetive como ‘Buscando…'” declara o executivo; “Estes filmes serão muito relacionáveis com a audiência que de fato entende esta linguagem, porque é assim que vivemos”.

Assim como a identidade dos projetos, ainda não há previsão de lançamento para qualquer um dos títulos previstos na parceria.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link