Johnny Walker ganha edição com embalagem feita inteira de papel

Com lançamento previsto para 2021, embalagem marca início de novo braço da companhia dedicado a criar formas sustentáveis de vender produtos seus e da concorrência

por Pedro Strazza

A Diageo anunciou nesta segunda (13) uma nova edição da Johnny Walker cujo principal chamariz é sua embalagem, que é feita inteiramente de papel. Com lançamento marcado para o início de 2021, o projeto é tocado em parceria com a empresa Pilot Lite e marca o debute da Pulpex Limited, novo braço do conglomerado dedicado a criar novos tipos de embalagens sustentáveis.

A nova garrafa de cor preta no caso é feita sem qualquer utilização de elementos plásticos e foi projetada para conter uma variedade de líquidos diferentes. O produto é parte do compromisso da Diageo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável elaborados pela ONU em 2015 com mira para 2030, que inclui a produção e manutenção de itens sustentáveis e de acordos com a demanda cada vez maior gerada pelo aumento na população global.

Ainda de acordo com a Diageo, a expectativa é que mais empresas firmem parceria com a Pulpex para a produção de suas próprias garrafas de papel em 2021. A nova divisão já fechou negócio com conglomerados do porte da Unilever e da PepsiCo e pretende produzir novos modelos de invólucros no formato para ajudar estas companhias a repensar o design de suas embalagens com a nova tecnologia.

No anúncio oficial, o diretor global de sustentabilidade da Diageo Ewan Andrew escreve que a empresa está orgulhosa de ter criado o produto, declarando ainda que ela tem potencial de ser um “grande marco” para a indústria. Já a diretora da Pilot Lite Sandy Westwater comenta que “Ao trabalharmos juntos, podemos usar o poder coletivo das marcas para ajudar a minimizar as marcas ambientais das embalagens, alterando os comportamentos de fabricação e de consumo”.

Compartilhe: