Social Media

Snapchat deve lançar ferramentas de conscientização sobre eleições nos EUA

Recursos informam sobre registros para votar nas próximas eleições e também devem fornecer informações e recursos destinados à participação dos eleitores

por Soraia Alves

No próximo mês, o Snapchat deve lançar novos recursos para incentivar os usuários da plataforma a se registrarem para votar nas próximas eleições nos Estados Unidos. As novas ferramentas também devem fornecer informações e recursos destinados à participação dos eleitores.

A iniciativa não é exatamente nova dentro da plataforma. Em 2016, o Snapchat formou uma equipe especial para a cobertura da eleição presidencial daquele ano. Em 2018, o app lançou um checklit para verificação dos eleitores com informações sobre onde e como se registrar para votar e que, segundo a empresa, ajudou mais de 450 mil usuários a se registrarem.

A Snap citou uma pesquisa realizada pelo Centro de Informação e Pesquisa sobre Aprendizagem e Engajamento Cívico (CIRCLE) que mostra que os eleitores mais jovens do país estão buscando se tornar mais politicamente ativos, mas não sabem onde encontrar informações sobre como se registrar para votar.

Ainda segundo a pesquisa do CIRCLE, dois terços dos eleitores de 18 a 21 anos de idade que frequentem universidades disseram que conseguiram informações sobre o registro de eleitores dentro de suas faculdades. Porém, com as aulas comprometidas devido à pandemia de Covid-19, é provável que as unidades de registro de eleitores da faculdade sejam afetadas.

Em junho, o Snap estreou o Minis, um conjunto de aplicativos em miniatura feitos por desenvolvedores de terceiros que são executados dentro do aplicativo Snapchat. Como parte de seu esforço de conscientização dos eleitores, o TurboVote, ferramenta da Democracy Works – uma organização não-partidária e sem fins lucrativos composta por desenvolvedores, especialistas em políticas públicas e organizadores civis – criará um mini-registro de eleitores que inclui um rastreador para monitorar quantos usuários se registraram para votar no Snapchat.

O Snapchat diz que seu público inclui 75% de jovens entre 13 a 34 anos nos EUA e dos 100 milhões de usuários americanos, 80% têm 18 anos ou mais. Um porta-voz do Snap disse que todos os recursos de votação planejados servirão para futuras eleições.