Facebook vai providenciar contexto a todos os links relacionados à pandemia que forem compartilhados

Exceções serão feitas a órgãos e autoridades mundiais de saúde, mas medida será aplicada para garantir que nenhum usuário esteja desatualizado com o andamento do controle da pandemia

por Pedro Strazza

Depois de introduzir no fim de junho uma ferramenta que avisava o usuário quando o link compartilhado era antigo, o Facebook vai expandir a notificação com foco em toda e qualquer informação sobre a pandemia divulgada pelo público na rede social. A ideia é justamente providenciar contexto a todo momento sobre o status da doença no mundo – em especial quando as matérias compartilhadas são mais antigas e portanto sujeitas à datação.

“A notificação vai ajudar as pessoas a entender a recência e a fonte do conteúdo antes que elas o compartilhem” escreve a empresa no anúncio oficial da atualização, onde confirma que a tela vai redirecionar o usuário à central de informação da pandemia na plataforma “para garantir que o público tenha acesso a informações dignas de confiança” das autoridades mundiais de saúde.

Além disso, a empresa declara que conteúdos postados por autoridades governamentais e organizações globais da área de saúde não serão sujeitas à nova função para garantir que a rede social “não desacelere a disseminação de informação” providenciada por estas fontes.

A preocupação do Facebook com o controle da desinformação nos últimos tempos é evidente, mas ganhou um belo de um impulso com a pandemia do coronavírus. Além de promover diversas atualizações no seu ecossistema de aplicativos para garantir a segurança do público durante os meses de isolamento social, a companhia também tem sido mais ativa na caça às informações falsas, inclusive realizando operações para desmantelamento de redes em diversas regiões do globo – incluindo no Brasil.

Compartilhe: