cover-youtube5

YouTube vai expandir restrição de idade para mais vídeos

Algoritmo avaliará conteúdos de forma autônoma

por Matheus Fiore

O YouTube aprimorou seu software de inteligência artificial para que ele possa identificar mais vídeos que exijam restrição de idade. Isso significa que, agora, mais usuários serão perguntados sobre sua idade antes de assistir a um vídeo na plataforma do Google.

Segundo o The Verge, a empresa está preparada para que a novidade resulte em alguns erros de rotulação de vídeos, já que é uma nova fase do funcionamento do sistema de inteligência artificial. Parte das mudanças inclui redirecionar vídeos anexados em outras plataformas diretamente para o YouTube, para que os usuários verifiquem suas idades antes de assistir ao conteúdo.

Em 2019, o YouTube também passou por uma grande mudança no que tange as restrições de conteúdo. Canais deixaram de receber restrições específicas relacionadas à idade ideal para consumir o conteúdo, mas vídeos com conteúdo violento – como gameplay de jogos de videogame violentos, por exemplo –, ainda poderiam sofrer desmonetização e restrições.

A ideia é fazer pequenas alterações entre os períodos das grandes mudanças para tornar a plataforma cada vez mais independente do trabalho manual, aprimorando o algoritmo para que ele sozinho administre o conteúdo da rede social de vídeos de forma que molde de acordo com as diretrizes da empresa. Há de se observar, porém, o quão impactante será a taxa de erros do algoritmo, e como isso afetará os produtores de conteúdo.

Compartilhe: