Agora dá pra jogar de Godzilla em "Fall Guys"

Agora dá pra jogar de Godzilla em “Fall Guys”

Personagem vai custar dez coroas e é a primeira skin do jogo inspirada em algo fora do mundo dos games

por Pedro Strazza

Pelo menos em skins de personagens, “Fall Guys” segue trilhando a cartilha de “Fortnite” para se tornar um dos jogos mais populares. Depois de lançar trajes inspirados na Glados de “Portal” e no Sonic, o game da Mediatonic anunciou nesta terça (27) que em breve todos os usuários vão poder vestir seu feijãozinho como um dos personagens mais icônicos do cinema japonês: o Godzilla!

A novidade deve entrar no ar já na próxima semana e pelo visto conta com a parceria da Toho, dado que a conta oficial é citada pelo perfil do jogo no anúncio. O preço inicial é de dez coroas, o mesmo cobrado pelo Sonic, lançado na época para comemorar os 60 anos da Sega, mas o que importa é o visual para lá de encantador da roupinha – porque não basta a cabeça, há ainda um carrinho que o personagem passa a segurar quando vestindo a skin!

https://twitter.com/FallGuysGame/status/1321104365113888768?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1321104365113888768%7Ctwgr%5Eshare_3%2Ccontainerclick_1&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.theverge.com%2F2020%2F10%2F27%2F21536473%2Ffall-guys-godzilla-skin-bean-throwing-monster-mediatonic-branded

Tal qual o “Fortnite”, as skins se tornaram um ponto primordial na divulgação contínua de “Fall Guys” enquanto novas atualizações do jogo não acontecem. Prova disso foi o leilão realizado pelo game em agosto para permitir que marcas financiassem uma roupa inédita, um que depois de vários lances gerou um empate em quatro partes entre a G2 Esports, a Aim Lab e os jogadores Tyler “Ninja” Blevins e Jimmy “MrBreast” Donaldson – a skin ainda não saiu, porém.

No caso do Godzilla, é interessante notar que a skin é a primeira inspirada em um personagem que não pertence ao mundo dos games, o que sinaliza que a Mediatonic tem interesse em estender o alcance do jogo na cultura pop para garantir que mais pessoas acessem suas “Olimpíadas do Faustão” virtuais – e portanto mantenham o jogo vivo na mídia.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link