la-1542677997-5xf21j0u4y-snap-image

Metade dos usuários da Netflix assistiram pelo menos um filme de Natal do serviço em 2019

Métrica ainda conta como "visualização" quem passou 2 minutos assistindo o conteúdo, mas denota o tamanho da procura que pode se esperar na plataforma este ano

por Pedro Strazza

2020 já se aproxima da reta final e com ela vem aí a temporada de Natal, uma época onde as produções natalinas obviamente imperam. Isso aparentemente vale para a Netflix, que relatou ao The Wrap nesta segunda (9) que cerca de metade dos seus assinantes assistiram pelo menos um de seus conteúdos originais relacionados à época no fim do ano passado.

O número é alto se considerar não apenas que valem para todo o globo – ou seja, o que na época eram cerca de 167 milhões de usuários – mas também a amostragem “pequena” de conteúdos incluídos nesta alta procura. A Netflix no ano passado lançou apenas seis filmes que poderiam ser considerados “de Natal”, incluindo a animação “Klaus”, a comédia adolescente “Deixe a Neve Cair” e o terceiro capítulo da franquia “O Príncipe do Natal”.

É preciso lembrar nesta hora que a Netflix usa como métrica de “audiência” qualquer conta que tenha gasto pelo menos dois minutos assistindo o conteúdo, uma informação que bota em dúvida este “feito” do serviço. Ao mesmo tempo, é difícil considerar que a esmagadora maioria do público tenha largado mão de assistir os filmes, além do fato de que já é impressionante o fato de metade dos usuários ao redor do mundo ter procurado assistir um mesmo grupo de produções num período de tempo relativamente curto – a Netflix não especifica a janela além de um “festas de fim de ano”, então dá pra presumir que são pelo menos as últimas duas semanas de 2019.

É também uma boa notícia para todos os títulos natalinos da companhia deste ano, que como o resto de 2020 é um catálogo cheio. São 29 títulos presentes na lista, passando por quase todas as áreas de produção atuais do streaming e filmes relativamente esperados, incluindo o brasileiro “Tudo Bem No Natal Que Vem” as sequências de “Crônicas de Natal” e “A Princesa e a Plebeia”.

Compartilhe: