Anúncio da Beats by Dr. Dre explora hipocrisia da sociedade que consome a cultura negra, mas ainda é racista

Campanha também representa a ambição da Beats de retomar um tipo de publicidade culturalmente relevante, como a marca fazia há alguns anos

por Soraia Alves

Criada pela Translation LLC, a nova campanha da Beats by Dr Dre aborda o contraste entre o consumo da cultura negra, em seus mais variados espectros como música e estilo, e o racismo ainda presente na sociedade. Em um ano marcado por grandes manifestações em prol da igualdade racial, o filme “You Love Me” destaca como a influência da cultura negra se estende por todos os lugares, mas as vozes de pessoas negras continuam sendo abafadas.

O filme é dirigido por Melina Matsoukas (“Queen & Slim”), escrito por Lena Waithe e tem Solange Knowles na trilha sonora. As imagens apresentam pessoas comuns ao lado de rostos já conhecidos como a tenista Naomi Osaka, o piloto Bubba Wallace, o rapper Lil Baby e a ativista Janaya Future Khan. Em uma das frases declamadas por Tobe Nwigwe, o artista ressalta: “Me ame ou não, nós nos amamos profundamente”.

A campanha também representa a ambição da Beats de retomar um tipo de publicidade culturalmente relevante, como a marca fazia há alguns anos. Segundo o diretor de marketing da marca, Chris Thorne, eles têm trabalhado para “redescobrir a voz distinta da marca”, ao mesmo tempo em que se concentra nas comunidades negras. No início deste ano, a Beats criou o programa Black Futures, oferecendo oportunidades de produção de filmes para alunos da HBCU.

Entre 2013 e 2016, os anúncios da Beats by Dr. Dre tinham grande impacto cultural. Trabalhando com a agência R/GA, a marca conseguia articular diversos temas para além da música, entre eles o esporte, realizando parceria com astros como Serena Williams e LeBron James. Os anúncios também transformavam canções em sucessos, como foi o caso de “I’m the Man”, de Aloe Blacc.

Nos últimos anos, porém, a publicidade da Beats deixou de ser tão relevante, apesar de ainda manter embaixadores famosos. A derrocada veio especialmente depois da aquisição da marca pela Apple, em meados de 2014. Aparentemente, após os anos iniciais da aquisição, a Apple deixou de investir com afinco na publicidade da Beats.

Por isso, o filme “You Love Me” também é um resgate para a Beats, que agora volta a explorar suas próprias raízes. O comercial vai ao ar durante alguns eventos esportivos como o NBA Draft e o jogo da tarde de Ação de Graças da NFL.

Compartilhe: