choque-de-cultura-nova-temporada

“Choque de Cultura” estreia no Canal Brasil com temporada sobre o cinema nacional

Programas temáticos vão de "Central do Brasil" a “Trapalhões na Terra dos Monstros”, além de homenagens a Glauber Rocha e Rodrigo Santoro

por Soraia Alves

Na próxima sexta-feira, 04/12, estreia no Canal Brasil a próxima temporada de “Choque de Cultura”, que dessa vez abordará o cinema brasileiro. A temporada de 12 episódios chega na mesma data aos serviços de streaming dos Canais Globo e Globoplay.

Fenômeno na internet, o “Choque de Cultura” surgiu no YouTube em 2016, e cresceu de forma viral. Em 2018, os vídeos semanais do programa já passavam de 1 milhão de visualizações. Em seguida, o grupo fez uma parceria com a TV Globo, onde ficaram por dois anos.

Agora, na nova temporada, os quatro personagens (Rogerinho, Renan, Julinho e Maurílio) discutem a produção do cinema nacional, desde clássicos como “Central do Brasil” e sucessos recentes como “Bacurau”, até aqueles que já foram ícones da Sessão da Tarde, caso de “Lua de Cristal” e “Trapalhões na Terra dos Monstros”. Ainda ganham episódios especiais nomes como Glauber Rocha e Rodrigo Santoro.

Em uma coletiva de imprensa virtual realizada nesta segunda-feira, 30/11, Caito Mainier, Daniel Furlan, Leandro Ramos e Raul Chequer comentaram as novidades que a nova temporada trará, além das alterações no processo de produção causados pela pandemia de Covid-19. Caito ressaltou que os personagens mais uma vez expandem o debate sobre as produções, do jeitinho de cada um, é claro.

Raul destacou que a criação dos roteiros, sempre feita em conjuntou, foi adaptada para reuniões via Zoom. Ainda assim, mesmo sendo mais desgastante, o trabalho ajudou a enfrentar o período de quarentena. Já para as gravações, Leandro ressalta o estado de “alerta” de todos para seguir as regras de segurança contra o coronavírus: “O processo de gravação fica bem mais lento, mais cuidadoso, mas deu tudo certo”, completa.

O episódio de estreia terá como tema “Tropa de Elite”, que Renan classificou como “o Loucademia de Polícia brasileiro” e “Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora É Outro”, definido por Maurílio como “tortura policial para toda a família”. Na semana seguinte, vão ao ar filmes que têm música como tema. O Cinema Novo é abordado no terceiro episódio e o quarto contempla “O Brasil no Oscar”. O quinto programa é dedicado a “Bacurau”, filme de Kleber Mendonça Filho que, segundo Rogerinho, “é drone e tiro, nem precisava de história”. A temporada terá também um programa com o Prêmio Gurgel de Prata.

“Choque de Cultura” vai ao ar na sexta-feira, às 21h45.

Compartilhe: