JayYLee-Samsung-condenado-MichellHilton

“Herdeiro” da Samsung, Jay Y. Lee é condenado a prisão por corrupção na Coréia do Sul

Sentença é fruto de novo julgamento sobre acusações feitas ao executivo em 2017, que já haviam lhe rendido um ano de prisão

por Pedro Strazza

Conhecido como “herdeiro” da Samsung Group e atual líder efetivo da companhia, Jay Y. Lee teve nova ordem prisão decretada pela Coréia do Sul nesta segunda (18). Sob acusação de corrupção, o executivo está previsto para encarar pena de dois anos e seis meses.

Esta é a segunda vez que Lee é condenado à prisão por questões de suborno. Filho do ex-presidente da Samsung Lee Kun-hee, falecido em outubro do ao passado, ele já havia sido preso em 2017 por acusações de corrupção e malversação de fundos, parte do escândalo maior que envolveu o afastamento e prisão do então líder da empresa Park Geun-hye – atualmente com uma pena de 20 anos de cadeia.

A condenação da vez inclusive é parte do novo julgamento sobre o caso, depois que o executivo foi solto pouco mais de um ano atendendo à sentença original – e que pode ter a sentença aumentada, dado que Lee passa por outro processo judicial no tópico. Em andamento desde 2019, o caso envolve o oferecimento de cavalos e outros pagamentos a colegas do executivo para favorecer sua candidatura à sucessão do comando da Samsung, com o Tribunal Distrital Central de Seul concluindo que o réu “pagou subornos voluntariamente e pediu à presidente que usasse seu poder para facilitar sua sucessão tranquila”.

Enquanto os próximos meses do executivo prometem ser no mínimo turbulentos, a condenação deixa um vácuo de poder na Samsung durante um momento crítico da empresa. De acordo com o Bloomberg, a companhia se encontra no meio de diversos investimentos bilionários para o desenvolvimento de tecnologias que podem vir a ser cruciais na manutenção de seu sucesso, incluindo a fabricação de silício para chips e a criação de equipamentos wireless.

As ações da Samsung caíram 3,4% desde o anúncio da sentença de Lee.

Compartilhe: