tintim-hq-mais-cara-mundo

Vendida por mais de 3 milhões de euros, ilustração de “Tintim” é a arte de HQ mais cara do mundo

Feito em aquarela, o desenho é original de 1936 e criado como imagem da capa de "The Blue Lotus", quinto volume sobre o personagem e cuja história se passa na China

por Soraia Alves

Uma rara ilustração de “Tintim”, feita pelo cartunista belga Hergé, foi vendida por exatos 3.175.400 milhões de euros. A negociação estabeleceu um novo recorde mundial para artes originais de histórias em quadrinhos, se tornando a ilustração de HQ mais cara do mundo.

A arte foi vendida em um leilão realizado no Artcurial, em Paris, no último dia 14/01. Feito em aquarela, o desenho é original de 1936 e foi criado como imagem da capa de “The Blue Lotus”, quinto volume sobre o personagem e cuja história se passa na China durante a invasão japonesa de 1931.

No entanto, essa arte final era muito cara para a editora Casterman reproduzir com a técnica de impressão em quatro cores. Assim, Hergé teve que fazer uma versão mais simplificada da ideia original, e que se tornou a capa oficial de “The Blue Lotus”. Na época, o artista deu a versão “rejeitada” para o filho de seu editor, Jean-Paul Casterman, que permaneceu na família até agora.

A série “Tintim” é bem popular entre os colecionadores de HQs. Nos últimos anos, peças de Hergé sobre o personagem têm conseguido vendas de alto valor, quase sempre acima da marca de US$ 1 milhão, incluindo a capa de “The Shooting Star”, vendida em 2015 por US$ 2,9 milhões, e o desenho original da capa de “Tintin in the Land of the Soviets”, negociada em 2019 por US$ 1,1 milhões.

Compartilhe: