home Imagem: Hasselblad X1D

Bateu a meta: Facebok reduziu emissões de carbono em 94% durante 2020

Companhia agora também conta com energia renovável suficiente para cobrir operação global, mas ainda está no processo de transição

por Pedro Strazza

O Facebook anunciou nesta quinta (15) que reduziu as emissões de carbono de seu negócio em 94% durante o ano de 2020, um valor que supera e muito a meta inicial de 75% estabelecida em 2018. Mais importante, porém, é que a companhia obteve a neutralidade de carbono, ou seja, todo dióxido de carbono produzido pelo Facebook é removido ou eliminado de alguma forma pela mesma.

Além disso, a empresa de Mark Zuckerberg confirmou em seu blog oficial que a partir de agora toda a operação global é coberta por energia renovável, incluindo escritórios e centrais de dados, mas que ainda está no processo de efetivamente tornar a estrutura interna 100% sustentável neste departamento.

O próximo passo do Facebook agora está em expandir a neutralidade de carbono para associações. Como lembra o The Verge, a companhia precisa zerar emissões para toda a rede de suprimentos e de outras emissões indiretas, incluindo o transporte diário e as viagens executivas. A empresa diz que para isso planeja desenvolver uma lista de valores para fundamentar parcerias, além de investir em mais tecnologias que ajudem na remoção de dióxido de carbono.

A sustentabilidade é um assunto importante para o Facebook atualmente, incluindo aí nas redes sociais. Em fevereiro, a plataforma principal ganhou uma central de informações e começou a marcar desinformação relacionada ao aquecimento global, seguindo os moldes do que é feito conta mentiras propagadas sobre a pandemia e a vacinação para garantir que estratégias de má fé perseverem em seu ecossistema.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link