cover-uber3 (8)

Uber oferece plataforma com noções de finanças a parceiros da América Latina

Uber Avança traz conhecimentos básicos sobre gestão financeira, controle de gastos, gerenciamento de dívidas e planejamento para o futuro

por Soraia Alves

A Uber e a IFC (Corporação Financeira Internacional, braço do Banco Mundial) começam hoje a oferecer a Uber Avança, uma plataforma educativa dedicada a ajudar motoristas e entregadores parceiros de toda a América Latina a gerenciar suas finanças e melhorar a atuação como microempreendedores. No Brasil, a iniciativa conta também com o apoio do Sebrae.

“Estamos contentes de poder oferecer aos nossos parceiros uma oportunidade essencial para o seu autodesenvolvimento. Nós sabemos que muitos deles usam o app da Uber para gerar renda extra e precisam reorganizar as finanças. Mais do que isso: sabemos que muitos têm aspirações muito além da Uber, e queremos ajudá-los a chegar lá”, diz Claudia Woods, diretora-geral da Uber no Brasil.

O conteúdo da Uber Avança é desenvolvido a partir das necessidades apresentadas por motoristas e entregadores parceiros, e traz conhecimentos básicos sobre gestão financeira, controle de gastos, gerenciamento de dívidas e planejamento para o futuro.

O formato foi projetado para se adaptar à rotina dos parceiros, com conteúdo dividido em módulos de curta duração e material de estudo dinâmico, que podem ser acessados no próprio celular nos momentos em que for mais oportuno.

Vão ter acesso à plataforma, desenvolvida pela EduMe, os parceiros da Uber em seis países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica e México. Só no Brasil, são mais de um milhão de motoristas e entregadores no aplicativo.

De acordo com Lilliana Pozzo, gerente de Serviços de Assessoria do IFC, “em âmbito mundial, cerca de 1,7 bilhão de adultos continuam desbancarizados. A educação financeira é a base para a inclusão financeira, especialmente quando se trata das mulheres, que enfrentam brechas substanciais no acesso a financiamento”. A IFC forneceu a orientação técnica para a elaboração do primeiro módulo da plataforma, que traz conteúdo sobre educação financeira.

Para o Sebrae, essa iniciativa demonstra o interesse da Uber em fortalecer o seu papel na sociedade brasileira. “É estratégico para o Sebrae contribuir com essa iniciativa. A Uber tem em seu DNA a inovação, além disso transformou a maneira das pessoas se locomoverem, desta forma contribui com as micro e pequenas empresas que precisam fazer suas entregas e ajuda a movimentar a economia do país. Essa plataforma educacional é uma busca pela melhoria das condições de trabalho e socioemocionais dessas pessoas”, declara o diretor técnico do Sebrae, Bruno Quick.

O Sebrae forneceu informações sobre vantagens da formalização como Microempreendedor Individual (MEI), benefícios previdenciários, seguridade social, abertura de um negócio, além de responsabilidades fiscal e contábil. Esses temas serão abordados em módulos futuros.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link