E6_JFDLWUAIlZXb
Imagem: Divulgação

Três anos depois de aposentar mascote, Cleveland Indians também muda nome para Guardians

Mudança será oficializada na MLB ao final da temporada 2021

por Pedro Strazza

A Major League Baseball anunciou nesta sexta (23) que o Cleveland Indians, tradicional time de beisebol da cidade de Cleveland, vai oficialmente mudar de nome e atender aos pedidos e protestos de décadas contra seu batismo atual. Com o fim da atual da temporada no fim do ano, a equipe passa a se chamar oficialmente de Cleveland Guardians.

O rebranding foi divulgado nas redes sociais oficiais do time, por meio de um vídeo com narração de Tom Hanks que reforça a necessidade de “unir o público” em torno de um nome que reflita toda a torcida – confira abaixo.

No anúncio oficial, o presidente e dono do clube Paul Dolan reforça a importância do Guardians como parte da identidade cultural da cidade e destaca a busca da franquia por um nome “que representasse de maneira sólida o orgulho, resiliência e fidelidade dos cidadãos de Cleveland”. A escolha do nome também se dá em homenagem ao Hope Memorial Bridge, par de estátuas de Henry Hering localizadas na ponte Lorain-Carnegie que também são conhecidas como “guardiãs do tráfego” na entrada da cidade.

A nova identidade visual e logo também foram divulgados, confira abaixo.

A mudança acontece não apenas um ano depois do clube anunciar o processo de alteração do nome como três anos depois que o time aposentou o Chief Wahoo do posto de mascote oficial. A razão é a mesma em ambos os casos, com a marca tentando se descolar da assimilação racista por trás da atual identidade com populações indígenas.

De acordo com a CNN, este é o quinto nome assumido pelo clube desde sua criação. Antes de Guardians e Indians, o time de Cleveland foi conhecido também como Blues, Bronchos e Naps.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link