fbpx
instagram-privacidade-jovens
Imagem: Divulgação/Instagram

Instagram anuncia atualizações para jovens terem mais segurança na plataforma

Mudanças também valem para o Facebook e incluem lmitar as opções dos anunciantes para alcançar jovens através de anúncios

por Soraia Alves

O Instagram anunciou algumas mudanças com foco em criar um espaço mais seguro para os jovens na plataforma. “Queremos que eles façam novas amizades facilmente e consigam se conectar com seus interesses, mas não queremos que eles tenham que lidar com mensagens indesejadas no Direct ou comentários de pessoas que não conhecem. Nós acreditamos que manter a conta privada é a escolha certa para os mais jovens, mas também reconhecemos que alguns jovens criadores querem optar por manter suas contas públicas para construir uma audiência e desenvolver sua base de seguidores”, diz o comunicado da empresa de Mark Zuckerberg. As novidades também valem para o Facebook.

A fim de encontrar o equilíbrio certo para dar aos jovens liberdade no Instagram e, ao mesmo tempo, mantê-los em segurança, a plataforma anuncia algumas mudanças a partir de hoje, que incluem:

  • Contas de jovens serão pré-definidas como privadas na configuração padrão;
  • Dificultar que contas potencialmente suspeitas encontrem jovens; 
  • Limitar as opções dos anunciantes para alcançar jovens através de anúncios.

A partir desta semana, todos os menores de 16 anos (ou menores de 18 em alguns países) terão suas contas pré-definidas como privadas ao entrar no Instagram. Até então, a plataforma já orientava os jovens que optassem pela conta privada. E pesquisas recentes mostraram que eles apreciam uma experiência mais privada mesmo: “Durante o teste, 8 em cada 10 jovens aceitaram manter as configurações padrão de conta privada ao entrar na plataforma”, diz o comunicado do Instagram. Os jovens que optarem por ter uma conta pública na rede social receberão uma notificação destacando os benefícios da conta privada, e explicando como alterar as configurações de privacidade.

“Essas novas atualizações representam um progresso importante para a criação de uma experiência mais segura e privada para os jovens no Instagram. Em especial, o uso do aprendizado de máquina que permite entender quando a interação de um adulto com um adolescente é inapropriada coloca os jovens no controle no que diz respeito às pessoas com quem eles interagem. E manter a configuração privada como padrão para adolescentes menores de 16 anos os ajuda a tornar seu conteúdo menos visível para os adultos.”, comenta Larry Magid, CEO, ConnectSafely

Divulgação/Instagram

A plataforma também apresenta uma nova tecnologia que permite encontrar contas que mostraram comportamento potencialmente suspeito e impedir que elas interajam com contas de adolescentes. Por “comportamento potencialmente suspeito”, a plataforma se refere a contas de adultos que podem ter sido recentemente bloqueadas ou denunciadas por um jovem, por exemplo.

“Também estamos alterando a forma como os anunciantes podem alcançar os jovens com os anúncios. Dentro de algumas semanas, só permitiremos que os anunciantes segmentem anúncios para menores de 18 anos (ou mais em alguns países) com base na idade, gênero e localização. Isso significa que as opções de segmentação disponíveis anteriormente, como aquelas baseadas em interesses ou em suas atividades em outros aplicativos e sites, não estarão mais disponíveis para os anunciantes”, diz o anúncio Essas mudanças serão globais e se aplicarão ao Instagram, Facebook e Messenger.

Inicialmente, as mudanças estão sendo implementadas nos Estados Unidos, Austrália, França, Reino Unido e Japão. Segundo o Instagram, a expansão para os demais países acontece em breve.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link