fbpx

Papai Noel se apaixona por um homem em comercial de Natal dos correios da Noruega

Campanha da Posten celebra o marco de 50 anos da lei que permite casamentos entre pessoas do mesmo sexo no país

por Pedro Strazza

A Noruega em 2022 completa 50 anos da aprovação da lei que permite casamentos de pessoas do mesmo sexo no país, um marco e tanto para o atual momento do mundo. Dada a importância da data, o Posten – que é o serviço postal nacional – resolveu aproveitar o aniversário para dentro das celebrações do Natal deste ano, a partir de uma subversão instigante: e se o Papai Noel fosse gay?

Batizado de “When Harry Met Santa”, o comercial de quatro minutos é centrado na vida de um homem norueguês que certo dia surpreende o bom velhinho em ação na sua casa, durante a madrugada de Natal. Daí em diante a referência do nome a “Harry e Sally: Feitos Um Para o Outro”, com os dois personagens passando a se encontrar todo ano até o momento em que o amor pulsa naturalmente de ambos, com direito a cartinha do Papai Noel desejando… o Papai Noel!

A peça tem criação da POL e direção de Sacarias Kiusalaas. Confira acima na íntegra ou abaixo no original em norueguês.

Enquanto a mera alusão a um Papai Noel gay já instiga as redes sociais, não é a primeira vez que a Posten resolve brincar com as convenções natalinas no fim do ano – e na real essa é até a edição mais tranquila dos últimos anos. Como lembra o Adweek, a marca em 2019 tornou José de Nazaré em um entregador dos correios e em 2020 retratou Noel como uma figura raivosa inspirada em Donald Trump.

O comercial mais nervoso do ano passado, inclusive, parece ter levado a companhia a adotar um tom mais paz e amor em 2021, com a diretora de marketing Monica Solberg escrevendo na divulgação que a marca “deu sequência ao Noel irritado com puro amor”.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link