Uma nova bandeira para a Nova Zelândia

Comitê escolheu 40 propostas de design, que agora irão passar por dois referendos até 2016

por Carlos Merigo

O primeiro ministro da Nova Zelândia, Peter Jackson, digo, John Key, quer que seu país tenha uma nova bandeira. Um símbolo que identifique a nação de 4.5 milhões de habitantes como moderna e independente. Em resumo, é um grito bem alto de “não somos um estado da Austrália!”.

Para tanto, o governo local iniciou no ano passado uma espécie de concurso em que qualquer um podia enviar sua proposta de nova bandeira. Uma decisão, claro, que motivou todo tipo de graça e memes. Um comitê independente analisou as 10,292 sugestões enviadas, revelando na semana passada uma seleção de 40 bandeiras.

O processo agora segue assim: Dessas 40 opções – confira algumas abaixo – o comitê vai escolher apenas 4 finalistas. Com isso, será organizado em setembro um primeiro referendo com a população da Nova Zelândia, que irá definir um ranking das alternativas, do melhor para o pior design.

Bandeira atual da Nova Zelândia, adotada oficialmente em 1902

Bandeira atual da Nova Zelândia, adotada oficialmente em 1902

Segundo pesquisas, maior parte da população é contra a mudança da bandeira

compartilhe

A melhor opção, então, terá que passar por um segundo referendo em março de 2016, com a pergunta: Você deseja manter a atual bandeira ou trocá-la pelo novo design? Segundo pesquisas preliminares, 72% das pessoas se diziam contrárias a mudança, mas uma outra consulta realizada em março pelo jornal New Zealand Herald apontou 52.6% contra e 40.6% a favor.

A polêmica não está só na troca da bandeira, mas também no custo que isso vai gerar: 17 milhões de dólares. Os que não querem a mudança alegam não ver necessidade de gastar esse dinheiro e também alegam desrespeito ao legado do país.

Das propostas selecionadas – veja todas as 40 aqui – grande parte inclui símbolos como a folha de samambaia e as estrelas do Cruzeiro do Sul. A folha sob fundo preto – já utilizada pelas seleções nacionais da Nova Zelândia – é a opção preferida do primeiro ministro.

NZ
NZ
NZ
NZ
NZ
NZ
NZ
NZ
NZ
NZ

No vídeo abaixo, o governo neozelandês resume os princípios do design de bandeiras:

Compartilhe: