Nova campanha de Barbie diz que as meninas podem ser o que elas quiserem

Comercial-pegadinha, voltado para os pais, é tentativa da Mattel de mudar a percepção da boneca sexagenária

por Carlos Merigo

Faz tempo que Barbie não é mais um brinquedo acima de qualquer suspeita, frequentemente acusada de uma representação errônea das mulheres para meninas de todas as idades.

A Mattel sabe disso, e encara essa percepção crescente do público como sua maior concorrente. Sendo assim, a empresa começou uma campanha para demonstrar que suas concepções estão em evolução. O que a Mattel quer, claro, é que mães e pais passem a olhar a boneca de 56 anos de idade com outros olhos.

No divertido comercial-pegadinha acima, meninas aparecem no papel de professora, médica, executiva e até técnica de futebol, com um plot twist no final. É uma forma simpática de dizer que Barbie também é capaz de empoderar as garotas, permitindo que elas escolham que papéis desejam desempenhar.

As próprias atrizes mirins que participaram do vídeo é que escolherem que profissão gostariam de interpretar.

O conceito “You can be anything” deve ser estendido para diversas plataformas e conteúdos de Barbie nos próximos meses, inclusive com ações regionalizadas. Vale lembrar que a Mattel tem introduzido aos poucos bonecas Barbie com foco na diversidade.

A criação é da BBDO San Francisco, com produção da Slim Pictures Inc.

Compartilhe: