Tinder lança campanha que pede por emojis de casais inter-raciais

Casais que compartilharem foto com #RepresentLove poderão ganhar uma versão em emoji deles mesmos

por Soraia Alves

O Tinder, maior aplicativo do mundo para conhecer novas pessoas, entrou na luta para promover mudanças e colaborar com um mundo mais inclusivo e igualitário. O app lançou nesta terça-feira, 27/02, uma campanha que pede por emojis de casais inter-raciais, para que todas os sejam representadas no teclado.

Os emojis são a linguagem universal da era digital, e usados para mostrar emoções, esclarecer reações e dar contexto para conversas. E embora pareça que existem emojijs para tudo, não é bem assim.

Os emojis que respeitam a diversidade e representam casais homossexuais se tornaram uma realidade em 2015, mas os de casais inter-raciais ainda não existem.

A campanha #RepresentLove também conta com a petição “Casais Inter-raciais no Emoji” no change.org.

Os casais que compartilharem uma foto deles mesmos posicionados como emojis e marcarem o @Tinder com a hashtag #RepresentLove poderão ganhar uma versão em emoji deles mesmos.

O Tinder ainda encomendou uma pesquisa sobre relacionamentos inter-raciais que trouxe resultados interessantes. De acordo com ela, conhecer pessoas online expande os horizontes e abre a cabeça, já que isso permite encontrar pessoas que não fazem parte do mesmo círculo social.

77% dos usuários do Tinder dizem ser mais cabeça aberta sobre as pessoas com quem se encontram. Isso representa 12% a mais do que as pessoas que não utilizam Tinder. Além disso, 72% das pessoas entrevistadas disseram que o app é o que apresenta mais diversidade racial.

Apenas 37% dos usuários do Tinder declararam que raça ou etnia são um fator crítico na hora de decidir se encontrar ou não com alguém.

Compartilhe: